Adeptos do West Ham indignados com o «corte» no preço da cerveja

18 ago, 16:23
Adeptos do West Ham são os que pagam mais por um copo de cerveja

Clube já tinha ameaçado processar os proprietários do Estádio de Londres pelos elevados preços exigidos esta temporada

O West Ham tinha ameaçado processar os proprietários do Estádio de Londres por cobrarem aos adeptos 7,30 libras [8,65 euros] pelo copo de cerveja mais barato, um dos preços mais elevados da Premier League. Os proprietários acabaram por ceder, mas baixaram o preço em apenas 70 pences, para 6,60 libras [7,82 euros], o que gerou uma nova onda de protestos dos hammers nas redes sociais.

Os adeptos foram surpreendidos pelos preços da nova época na receção ao Manchester City quando lhes foi pedido mais de 8 euros por um copo de cerveja. Os protestos fizeram-se sentir e levaram o clube a fazer uma ameaça de processo judicial aos proprietários do estádio.

O West Ham volta a jogar esta quinta-feira em casa, em jogo da Liga Conferência, frente aos dinamarqueses do Viborg, já com uma nova tabela de preços, mas os adeptos não ficaram nada satisfeitos. O preço foi reduzido em apenas 70 pences, para 6,60 libras, e os protestos fizeram-se sentir ainda com mais força nas redes sociais, até porque ali ao lado, os adeptos do Tottenham bebem cerveja no estádio por menos 2,11 libras.

Um estudo recente demonstrava que a cidade de Manchester tinha a cerveja mais barata e também a mais cara nos estádios, com adeptos do City a pagar «apenas» 3,40 libras por uma «pint», enquanto os do United pagavam 5,10, mas os preços da nova época do West Ham ultrapassam os elevados preços de Old Trafford, mesmo com o «corte» agora anunciado.

Relacionados

Patrocinados