Viajou 11 mil quilómetros para ver o Aston Villa e o jogo foi adiado

19 dez 2021, 13:10
6) Aston Villa: €235M
6) Aston Villa: €235M

A história triste de Kaito Jones, que ia ver pela primeira vez ao vivo o clube do coração

PUB

A história é triste. Kaito Jones, dez anos, viajou de Singapura para Birmingham para cumprir um sonho: ver pela primeira vez ao vivo o clube do coração, o Aston Villa. 

Tudo corria bem, Kaito chegou bem a Inglaterra e estava na loja de merchandising no Villa Park quando, duas horas antes do Aston Villa-Burnley, ficou a saber que não ia haver jogo. 

Foram 11 mil quilómetros de avião e muitas horas a criar expetativas, para nada. 

«Estávamos a falar ao telefone e o Kaito estava a comprar um cachecol, quando um tipo atrás disse 'o jogo foi cancelado'. O miúdo ficou devastado», contou Danny Jones, pai de Kaito, ao Mirror.

«O Kaito é inglês, mas está a viver em Singapura há muito tempo e já nã ia há dois anos e meio a Inglaterra, porque aqui [em Singapura] as restrições impostas pela covid-19 são enormes.»

Kaito, conta o pai, ainda tentou visitar o Villa Park, mas não foi autorizado. Limitou-se a circular à volta do histórico recinto e a entrar na loja oficial do clube.

O Aston Villa-Burnley foi um dos muitos jogos adiados da 18ª jornada da Premier League, em virtude do elevado número de casos de covid-19.


 

PUB
PUB
PUB

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados