Reaberto IC2 na zona do fogo que afeta distritos de Leiria, Santarém e Lisboa

Agência Lusa , NM
18 ago, 00:40
Incêndio na Serra da Estrela (Nuno André Ferreira/Lusa)

Trânsito voltou a fluir às 22:30

A circulação no Itinerário Complementar 2 (IC2) entre Quebradas (Azambuja), e Asseiceira (Rio Maior), cortada devido ao incêndio que afeta os distritos de Leiria, Santarém e Lisboa, foi retomada pelas 22:30, adiantou esta quarta-feira à Lusa fonte da Proteção Civil.

O fogo que deflagrou às 13:45 de quarta-feira em Rostos, nas Caldas da Rainha, distrito de Leiria, alastrou ao concelho de Rio Maior, distrito de Santarém, e da Azambuja, distrito de Lisboa, informou fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Num balanço à Lusa, pelas 00:10, fonte da ANEPC explicou que o incêndio continua ativo mas o combate está a “evoluir favoravelmente”.

“Ainda há muito trabalho para realizar no terreno”, alertou.

O "teatro das operações" tem sido reforçado ao longo da ocorrência e continuará a ser reforçado “sempre que necessário”, acrescentou a mesma fonte.

De acordo com a página na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), às 00:15 o incêndio estava a ser combatido por 597 operacionais apoiados por 197 meios terrestres.

Pelas 22:30 de quarta-feira o fogo mobilizava 413 operacionais, apoiados por 139 viaturas.

Durante o combate ao incêndio nas Caldas da Rainha registou-se a morte de um bombeiro, da corporação de Óbidos, por "doença súbita”.

Ao início da noite de quarta-feira, a ANEPC tinha registado, até às 19:00, 43 incêndios, com destaque para o que deflagrou nas Caldas da Rainha, e os de Alijó e da Serra da Estrela, entretanto, já dominados.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados