Incêndio em Ourém: transbordo de passageiros da CP parados na Linha do Norte feito por autocarro

Agência Lusa , MJC
19 ago, 22:28
Comboios parados no Entroncamento (Linha do Norte) devido ao incêndio em Ourém

A CP – Comboios de Portugal já encontrou “empresas de transporte rodoviário no sentido de providenciar soluções de transbordo”

Autocarros estão a “providenciar soluções de transbordo rodoviário” aos passageiros da CP que estão em comboios parados, ao longo da Linha Norte, devido ao incêndio que lavra esta sexta-feira no concelho Ourém, anunciou a empresa portuguesa de transporte ferroviário.

A CP – Comboios de Portugal indicou à Lusa, pelas 21:15, que já havia encontrado “empresas de transporte rodoviário no sentido de providenciar soluções de transbordo”.

Num comunicado enviado esta noite às redações, a empresa adiantou que “a Linha do Norte está interrompida por ordem da Proteção Civil, entre as estações de Caxarias [Ourém] e Albergaria dos Doze [Pombal]”.

“Em consequência desta situação, vários comboios estão parados em estações ao longo da Linha do Norte, aguardando o restabelecimento de condições de segurança que permitam retomar a circulação. De igual forma, algumas partidas de comboios estão retardadas nas estações de origem”, salientou.

De acordo com a CP, todos os comboios “envolvidos nesta situação estão parados em estações”, de modo a “garantir condições de segurança e acessibilidade aos clientes”.

“A principal preocupação da CP nesta situação é garantir a segurança dos seus clientes, pelo que se mantém em contacto permanente com as entidades envolvidas no combate ao incêndio para acompanhar o evoluir desta situação, e encontrar as soluções possíveis para a sua resolução”, acrescentou.

O incêndio que deflagrou hoje à tarde em Ourém obrigou ao corte da circulação na Linha do Norte e atingiu um aviário, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

De acordo com a mesma fonte, a circulação de comboios na Linha do Norte está interrompida desde cerca das 18:30 devido a este fogo, que atingiu, entretanto, um aviário na localidade de Resouro, na freguesia de Espite.

"O incêndio está ativo com muita intensidade. A velocidade de propagação é muito elevada, motivada por projeções a longa distância", explicou o CDOS de Santarém.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados