Animais mortos e gravemente feridos: Serra da Estrela, incêndio

PP
16 ago, 16:28
Imagens que podem chocar: vários animais feridos no incêndio da Serra da Estrela

Enquanto as autoridades ordenavam a evacuação de algumas aldeias, surpreendidos pela violência do fogo, vários animais foram deixados para trás

O incêndio da Serra da Estrela não tem dado descanso e as chamas voltaram de forma violenta e com muita intensidade. O vento tem sido um problema para os homens no terreno e várias aldeias foram evacuadas. Enquanto as pessoas seguiam as ordens das autoridades, perante a violência do fogo, muitos animais ficavam para trás. 

O IRA - Intervenção e Resgate Animal tem estado no terreno a tentar encontrar estes animais. Segundo esta associação, já foram resgatados sete animais. Mas um dos cães que encontraram já estava morto, tinha morrido carbonizado.

Ao lado do IRA, num trabalho de estreita colaboração, esteve a Associação Portuguesa de Busca e Salvamento. Na segunda feira, a Associação Portuguesa de Busca e Salvamento contou, na Guarda, com 10 operacionais de socorro. 

As imagens dos animais feridos foram revelada através da página de Facebook do IRA (podem chocar as pessoas mais sensíveis). Segundo o IRA, que deixa um apelo a quem quiser ajudar na recuperação destes animais, encontraram "seis animais em estado muito grave" e que foram "encaminhados de imediato para o hospital veterinário mais próximo". Foi ainda encontrado um animal com "queimaduras ligeiras" e ainda um cão carbonizado - o animal estaria acorrentado e, por isso, não conseguiu fugir do fogo. Há situações de "queimaduras a nível ocular, pele e patas com impossibilidade de locomoção".

O IRA deixou entretanto a zona, mas no terreno vai ficar a Associação Portuguesa de Busca e Salvamento, que irá prosseguir com o trabalho e manteve no local os 10 operacionais. No entanto, estão dependentes da evolução da situação do fogo no terreno e a situação continua complexa.

País

Mais País

Patrocinados