Dominados os incêndios em Mafra e Ourém

CNN Portugal , AM com Lusa - Notícia atualizada às 8:51
1 ago, 06:15

Fogo em Mafra consumiu mais de 300 hectares

O incêndio em Ourém, que deflagrou no domingo e que ao início da manhã era o que mais meios mobilizava, foi dado como dominado cerca das 7:10, disse fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

"O incêndio de Ourém já foi dado como dominado. De facto, é um incêndio que no veio a preocupar durante a noite toda, mas conseguimos dá-lo como dominado às 07:10", disse à agência Lusa o comandante Pedro Araújo, da ANEPC.

Pelas 08:50, segundo os dados disponíveis no site da ANEPC, estavam envolvidos no combate a este fogo 411 elementos, apoiados por 126 viaturas.

Em declarações no domingo à noite, o comandante nacional de Emergência e Proteção Civil, André Fernandes, confirmou o registo de dois feridos no combate às chamas em Ourém.

Também o incêndio em Mafra está em fase de conclusão, depois de ter consumido uma área superior a 300 hectares, mantendo-se no terreno 322 operacionais apoiados 98 veículos.

O ministro da Administração Interna adiantou no domingo que o estado de alerta especial vermelho entrará em vigor na terça-feira nos distritos de Vila Real, Bragança, Guarda e Viseu, anunciando o reforço da fiscalização pela GNR e pelas Forças Armadas.

Em declarações aos jornalistas no final de uma reunião, por videoconferência, com membros de outras áreas governativas para avaliar as condições meteorológicas e do risco de incêndio, José Luís Carneiro referiu que foi decidido “manter o nível de risco e de perigosidade nos termos em que vinha sendo feito até ao dia de hoje”, tendo já ficado agendada uma reavaliação para quarta-feira.

Perigo máximo de incêndio

Cerca de 130 concelhos do interior norte e centro e quatro da região do Algarve apresentam esta segunda-feira perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o IPMA, estão em perigo máximo cerca de 130 municípios dos distritos de Bragança, Vila Real, Braga, Viana do Castelo, Porto, Aveiro, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Coimbra, Santarém e Portalegre e quatro concelhos no distrito de Faro.

O IPMA colocou ainda quase todo o restante território em perigo muito elevado e elevado de incêndio rural, à exceção de duas dezenas de concelhos no litoral, num dia em que os distritos de Bragança, Vila Real e Braga estão sob aviso vermelho (o mais elevado) por causa do tempo quente.

De acordo com as previsões do IPMA, os distritos de Bragança, Vila Real e Braga estão sob aviso vermelho por causa do calor até às 18:00, enquanto os distritos de Guarda e Castelo Branco estão até à mesma hora sob aviso laranja (o segundo mais elevado).

O IPMA prevê para o continente continuação de tempo quente com céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de mais nebulosidade na faixa costeira ocidental e, durante a tarde, no interior Norte e Centro.

Está igualmente prevista uma pequena descida da temperatura máxima da região Centro.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 16 graus Celsius (Setúbal) e os 24.º (Faro) e as máximas entre os 28 (Sines) e os 41.º (Évora).

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados