Saiba tudo sobre o Euro aqui

Festa para comemorar fim dos exames termina em tragédia devido a aquecedor elétrico

MM
1 fev 2023, 18:09
Incêndio em armazém ocupado por migrantes na Catalunha

Três estudantes morreram num incêndio num apartamento da cidade espanhola de Huelva

Três jovens, com idades entre os 20 e 21 anos, perderam a vida, na sequência de um incêndio num apartamento, em Huelva, Espanha. O fogo terá tido origem num aquecedor elétrico, escrevem os meios de comunicação espanhóis.

Os jovens faziam parte de um grupo de estudantes da Faculdade de Serviço Social, que tinha estado a comemorar o fim dos exames do primeiro semestre.

Para evitar viagens durante a noite, foram colocados colchões no chão para acolher os hóspedes e terá sido usado um aquecedor elétrico para aquecer a habitação. Estes dois elementos, assim como as grades que tapavam as janelas do apartamento, acabaram por revelar-se fatais.

Quando chegaram, os bombeiros depararam-se com um fogo muito intenso, que se espalhou por todo o apartamento. As portas e janelas estavam abertas, o que, segundo especialistas, contribuiu para alimentar o fogo, devido às correntes de ar, escreve o El Mundo.

Muitos dos jovens conseguiram escapar pela porta e através de um pátio interior e foram eles que alertaram os bombeiros para o facto de ainda estarem pessoas presas dentro de casa.
 
Sara Montero Moreno, Andrea Mejías e Daniel Romero foram encontrados inconscientes, devido à inalação de fumo, e foram levados para o hospital, mas acabaram por não sobreviver.

A faculdade suspendeu todos os eventos académicos e decretou um minuto de silêncio, em homenagem aos alunos que perderam a vida.

Europa

Mais Europa

Patrocinados