Incêndio na Covilhã já está controlado. Nove meios aéreos juntam-se aos mais de 600 operacionais no combate às chamas

Mariana Rebelo Silva , BCE - notícia atualizada às 10:05
8 ago, 08:29

Durante a tarde de domingo, três bombeiros foram retirados do teatro de operações e uma unidade hoteleira foi evacuada

O incêndio que deflagrou na madrugada de sábado já está controlado e tem agora três "pontos quentes" que estão praticamente dominados pelos operacionais no local, de acordo com a Proteção Civil. 

Esclarecendo que já não se tratam de "frentes ativas", mas sim de "pontos quentes", a Proteção Civil adianta que um desses pontos diz respeito a uma reativação em Penhas da Saúde, localizada no acesso entre a Covilhã e a Serra da Estrela, que já esta quase dominado. Os outros dois pontos quentes encontram-se no Vale de Verdelhos, onde o fogo lavra em duas encostas: à direita, para o lado da Covilhã, e à esquerda, em direção a Manteigas.

Mais de 600 operacionais combatem as chamas no terreno, apoiados por 181 veículos e nove meios aéreos - quatro aeronaves em Penhas da Saúde e dois helicópteros em Verdelhos.

De acordo com o Centro Distrital de Operações e Socorro (CDOS), a Estrada Nacional 338, que faz a ligação entre Piornos e Manteigas, ainda estava fechada às 07:00 e não existem habitações em perigo. 

O incêndio deflagrou às 03:18 de sábado, na localidade de Garrocho, freguesia de Cantar-Galo e Vila do Carvalho, no concelho da Covilhã, e alastrou para Manteigas, no distrito da Guarda.

Durante a tarde de domingo, três bombeiros foram retirados do teatro de operações por "doença, queimadura e trauma", tendo dois deles sido transportados para um hospital e outro recebido assistência num centro de saúde. Uma unidade hoteleira, localizada em Manteigas, foi evacuada ao final da tarde.

Relacionados

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados