Crédito à habitação: conselhos, dicas e informações úteis

20 dez 2021, 07:01
Fotografia: Rui Oliveira
Fotografia: Rui Oliveira

Pormenores a ter em conta se está a pensar comprar casa em breve

PUB

Se vai fazer um crédito à habitação, há passos que não deve saltar. Primeiro, tenha presente que o banco só irá emprestar-lhe 90% do valor da avaliação do imóvel - feita por um perito a pedido do banco e paga pelo cliente - e que a contratação do crédito tem custos administrativos cobrados pelo banco, além dos impostos que irá pagar pela aquisição da casa (Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis e Imposto de Selo).

Chegado à fase da contratação do crédito, saiba que o banco é obrigado a prestar-lhe “um conjunto de informações que visa precisamente assegurar que o cliente tem conhecimento de todas as condições e encargos associados ao empréstimo que pretende contrair”, informa a Associação Portuguesa de Bancos, em declaração escrita enviada à CNN Portugal.

PUB

Atenção à FINE e à TAEG

Essa informação consta da Ficha de Informação Normalizada Europeia (FINE), em que se encontra a TAEG (Taxa Anual de Encargos Efetiva Global) que agrega, precisamente, todos os custos associados ao empréstimo (juros, comissões, impostos ou seguros) e permite ao cliente “perceber quanto é que aquele crédito lhe custará por ano, em percentagem do montante de crédito solicitado".

PUB
PUB
PUB

Depois de analisar cuidadosamente a FINE, deverá ainda fazer uma ou mais simulações junto do banco - o seu, ou outros bancos concorrentes - para ponderar as condições, nomeadamente prazo ou modalidade da taxa de juro, “e poder escolher aquela que melhor se adequa às suas necessidades”, acrescenta a APB. 

O banco oferece-lhe ainda, em termos de simulações, a da prestação que ficará a pagar logo que contrate o seu crédito para comprar casa, mas apresenta igualmente o valor para o qual subirá a prestação se a taxa de juro indexada à Euribor aumentar para o máximo dos últimos 20 anos. Ou seja, é-lhe apresentado o cenário atual e o pior cenário possível.

Consigo pagar se prestação aumentar 50%?

Mas deve procurar o meio termo, aconselha Nuno Rico, economista da Deco Proteste: "Devo olhar para a minha prestação, no momento em que estou a contratar o crédito, e devo verificar se, no caso daquela prestação aumentar 50%, eu a consigo suportar e qual o impacto que isso terá no meu orçamento familiar”, diz o especialista.

PUB
PUB
PUB

A APB aconselha também a que se calcule a taxa de esforço, ou seja, a percentagem do seu rendimento que ficará alocada ao crédito, e considerar os riscos futuros, “como uma situação inesperada de desemprego ou uma eventual subida das taxas de juro”. 

Nuno Rico refere também que é importante deixar margem para negociar com o banco, para evitar um eventual incumprimento: por defeito, os bancos simulam sempre a prestação a pagar pelo prazo do crédito mais longo possível, de forma a que o valor possa ser diluído por várias décadas e assim ser menor em termos de mensalidade - e fazer crescer os juros.

Nuno Rico alerta que, esgotando o prazo do crédito até ao limite máximo consoante a idade do proponente, perde-se margem negocial em caso de necessidade: se for preciso diminuir a prestação, já não há hipótese de o fazer estendendo a duração do crédito. 

O custo do seguro de vida

Outro conselho é estar atento ao valor do seguro de vida, obrigatório no crédito à habitação. Mesmo quando as taxas de juro descem, e descendo o valor em dívida, o montante mensal do seguro vai continuar a subir porque aumenta com a idade e consequente subida do risco de morte.

PUB
PUB
PUB

“Aumenta a idade, aumenta o prémio”, avisa Nuno Rico, da Deco Proteste. Só pelos 60 anos a verba a pagar pelo seguro de vida começa a diminuir, uma vez que o valor em dívida do crédito, por essa altura, já terá sido abatido de forma significativa.

E saiba ainda que pode contratar o seguro de vida fora do banco onde vai contrarir o empréstimo à habitação: não é obrigado a aceitar as condições que lhe são propostas pela sua instituição bancária e pode - e deve - procurar preços noutros mediadores. 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Imobiliário

Mais Imobiliário

Patrocinados