Três mortos e seis feridos em ataque com drones em Abu Dhabi

17 jan, 11:35
Emirados Árabes Unidos

Explosão de três autotanques de transporte de combustível causou ainda um incêndio no aeroporto internacional da capital dos Emirados Árabes Unidos

Três mortos, seis feridos, a explosão de três autotanques de transporte de combustível e um incêndio no aeroporto internacional de Abu Dhabi é o primeiro balanço de um alegado ataque com drones na capital dos Emirados Árabes Unidos.

O ataque foi já reivindicado pelos rebeldes Houthis, que confirmaram "uma operação militar especial no coração dos Emirados", que terá recorrido a drones, segundo avançou o canal Al Masirah TV, propriedade do grupo iemenita.

De acordo com as autoridades locais, três camiões incendiaram-se e explodiram em Mussafah, junto à unidade de armazenamento da petrolífera estatal ADNOC. As vítimas mortais são de nacionalidade indiana (2) e paquistanesa.

Consequentemente, ocorreu um incêndio no terreno do aeroporto internacional de Abu Dhabi, que a polícia descreve apenas como um "fogo de pequenas dimensões" numa zona nova, que está em construção e onde não há movimentação de aviões ou pessoas.

A polícia confirmou ainda ter recolhido "pequenos objetos, provavelmente pertencentes a drones, que caíram nas duas áreas e podem ter causado as explosões e os incêndios".

Os ataques com drones são uma das marcas dos rebeldes Houthis contra a Arábia Saudita, que lidera a coligação que tenta por fim à guerra civil no Iémen. Os Emirados integram esta aliança, sendo que até ao momento não tinham sido atingidos nesta proporção.

Os Houthis têm estado sob pressão nas últimas semanas, e estão a sofrer pesadas perdas, uma vez que as forças iemenitas apoiadas pelos Emirados têm conquistado posições do grupo rebelde em províncias-chave do Sul e centro do país.

 

Relacionados

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados