Urgências de Ginecologia/Obstetrícia do Garcia de Orta voltam a fechar esta noite

Agência Lusa , CV
14 jun, 14:55
Mulher grávida perde bebé no Hospital das Caldas da Rainha. Urgências obstetrícias estavam encerradas

As urgências já estiveram encerradas na semana passada devido à falta de pessoal médico

As urgências de Ginecologia/Obstetrícia do Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, vão estar encerradas entre as 20:00 desta terça-feira e as 8:00 de quarta-feira, revelou a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT).

“As urgências de Ginecologia/Obstetrícia do Hospital Garcia de Orta (HGO) vão estar encerradas entre as 20:00 de hoje e as 08h00 de amanhã [quarta-feira], 15 de junho”, lê-se num comunicado.

Na nota, a ARSLVT diz que “as grávidas devem dirigir-se/serão encaminhadas para outras unidades da rede, nomeadamente para o Centro Hospitalar de Setúbal (CHS) e para o Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM), assim como para as maternidades da cidade de Lisboa que, no referido período, estarão a funcionar com normalidade”.

A ARSLVT recorda ainda que, nos próximos dias, poderão “existir limitações em alguns hospitais, com desvios da urgência externa de Obstetrícia/Ginecologia para outras unidades da região, que assegurarão a resposta do SNS [Serviço Nacional de Saúde]”.

As urgências de Ginecologia/Obstetrícia do Hospital Garcia de Orta, no distrito de Setúbal, já estiveram encerradas na semana passada devido à falta de pessoal médico.

Contactado pela Lusa na altura, o Conselho de Administração do Hospital Garcia de Orta admitiu que a unidade hospitalar tem uma escassez de médicos especialistas em Ortotraumatologia e em Ginecologia e Obstetrícia e assegurou que está a tomar “todas as diligências” para reforçar médicos e enfermeiros.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

País

Mais País

Patrocinados