Os hipopótamos de alta velocidade podem voar (sim, leu bem)

CNN , Jack Guy
5 jul, 10:47
Os investigadores descobriram que os quatro membros de um hipopótamo deixam o chão quando trotam a alta velocidade. Warren Little/Getty Images

Novo estudo descobriu que os quatro membros de um hipopótamo deixam o chão quando trotam a alta velocidade.

Os hipopótamos conseguem voar quando se deslocam a alta velocidade sobre a terra, de acordo com as conclusões de um novo estudo.

É a primeira vez que se verifica que os animais, que podem pesar mais de dois mil quilos e passam grande parte do tempo na água, conseguem levantar os quatro membros do chão quando se deslocam rapidamente, segundo um comunicado do Royal Veterinary College (RVC) do Reino Unido.

Depois de analisar vídeos com 169 ciclos de movimento de 32 hipopótamos, os investigadores descobriram que os animais mais rápidos passam cerca de 15% de cada passada fora do chão.

John Hutchinson, autor principal do estudo e professor de biomecânica evolutiva no RVC, disse à CNN que se sabia muito pouco sobre a forma como os hipopótamos se deslocam em terra.

"Os hipopótamos eram uma parte grande que faltava do puzzle", afirmou. "São muito difíceis de estudar".

Aém de passarem muito tempo na água, são "muito agressivos e perigosos" e são mais activos à noite, disse Hutchinson.

Nos vídeos estudados pelos investigadores, os hipopótamos tendem a mover-se rapidamente quando algo os motiva, como perseguir um hipopótamo rival ou ser perseguido por leões ou rinocerontes, explicou.

A equipa também apurou que os hipopótamos trotam quase exclusivamente - com dois membros diagonais a moverem-se na mesma direção ao mesmo tempo, e depois os outros dois membros diagonais - independentemente da velocidade a que se deslocam, ao passo que outros mamíferos, como os cavalos, mudam de uma caminhada para um trote e para um galope, dependendo da sua velocidade.

"Os hipopótamos são um dos poucos animais de quatro patas que apenas trotam", disse Hutchinson. "Foi uma descoberta muito interessante".

Os resultados podem ajudar a ter mais dados sobre a forma como os hipopótamos são mantidos em cativeiro, bem como ajudar a detetar e monitorizar se os hipopótamos estão a sofrer problemas físicos, disse Huntchinson.

Um exemplo de vídeo que mostrava um hipopótamo pigmeu bebé a galopar deu a Hutchinson um ponto de partida para futuras investigações, disse ele, acrescentando que pretende investigar se os hipopótamos pequenos, como os hipopótamos bebés e os hipopótamos pigmeus bebés, são capazes de galopar mas perdem essa capacidade quando crescem.

O estudo foi publicado esta quarta-feira na revista PeerJ.

Estilo de Vida

Mais Estilo de Vida

Na SELFIE

Mais Lidas

Patrocinados