Quer estudar Harry Styles? Vai haver uma aula "só" para isso

CNN , Scottie Andrew
24 jul, 21:00
Harry Styles. Joseph Okpako/WireImage/Getty Images

Harry Styles suscita mais perguntas do que respostas simples. Perguntas como: como é que se passa de uma boy band para um solista formidável? Como é possível utilizar coletes de lã e calças de cintura subida e ficar bem? E qual é, afinal, o verdadeiro significado da música “Watermelon Sugar”?

Secalhar, Harry nunca nos vai responder a estas questões, mas um grupo de estudantes da Texas State University terá a sorte de analisar todos os detalhes sobre a estrela da pop britânica.

Louie Dean Valencia, professor adjunto de História Digital da Texas State, anunciou na semana passada que irá dar uma aula durante a primavera de 2023 intitulada “Harry Styles e o Culto das Celebridades: Identidade, a Internet e a Cultura Pop Europeia”. A legião de fãs de Harry Styles apercebeu-se rapidamente, o que levou muitos a contemplar a possibilidade de se transferirem para o Texas.

Mas esta viagem académica pela carreira de Styles não é uma aula focada somente nele e na sua influência. De acordo com um panfleto sobre o curso, este centraliza a estrela britânica numa discussão mais ampla sobre o “desenvolvimento cultural e político da celebridade moderna em relação a questões de género e sexualidade, raça, classe, nação e globalismo, meios de comunicação social, moda, cultura dos fãs, cultura da Internet e consumismo”.

Ufa! Isto são coisas demasiado complexas para o homem que uma vez cantou sobre o amor ao dizer-lhe que ela não sabia o quão bonita realmente era. Mas à medida que os dons musicais de Styles evoluíram, o mesmo aconteceu com o seu lugar no léxico cultural, Valencia disse à CNN num e-mail.

“Não consigo contar quantas conversas tive com estudantes nos últimos dois anos que começaram com um gosto partilhado pela música do Harry, mas que rapidamente foram parar a questões sociais maiores sobre género, sexualidade, raça, controlo de armas, sustentabilidade… tudo por causa da arte do Harry”, disse ele.

Os temas para a aula vão abordar os primeiros álbuns dos One Direction, Harry enquanto um artista a solo e a sua crescente filmografia, contou Valencia, bem como a arte que inspirou Styles, desde a escrita de Susan Sontag até à filosofia de Alain de Botton, entre outros temas.

Valencia, que é fã de Styles desde os seus dias de One Direction, disse que Harry, tal como The Beatles, Billie Holiday e até Shakespeare, proporciona um olhar à fama através do qual os estudantes podem compreender melhor o seu mundo. Os princípios fundamentais de Styles são a positividade e o amor-próprio, disse ele.

​​“A auto-expressão, e o bem-estar consigo mesmo, é uma grande parte da mensagem de Harry, assim como o “Treat People with Kindness” (Trate as Pessoas com amabilidade)”, disse Valencia. “Muitas pessoas, eu incluído, sentem-se como se tivessem crescido com ele e, por isso, há uma ligação entre todos nós”.

Ele disse que espera que os alunos que frequentam este curso, que os convida a reconsiderar a história como a estão a viver com uma das maiores estrelas musicais do mundo, inspirem a mesma auto-aceitação e alegria desenfreada que um concerto de Styles proporciona.

Música

Mais Música

Patrocinados