‘Sniper’ ucraniano abate soldado russo com tiro a quase três quilómetros de distância

15 nov, 19:20
Sniper ucraniano (StratCom UA)

Este tiro, a confirmar-se, é o 2.º mais longo da história

Um francoatirador (‘sniper') ucraniano terá abatido um soldado russo com um tiro a quase três quilómetros de distância, alegam as Forças Armadas de Kiev.

“O tiro preciso do francoatirador das nossas Forças Especiais eliminou o ocupante a uma distância de 2.710 metros”, escreveu o Comando de Comunicações Estratégicas da Ucrânia no Telegram, juntamente com o vídeo que mostra o alegado momento do disparo.

Este tiro, a confirmar-se, é o 2.º mais longo da história, ficando apenas atrás de um registado em 2017, no qual um soldado canadiano abateu um combatente do Estado Islâmico no Iraque a uma distância de 3.540 metros. O segundo lugar neste ranking pertence a Craig Harrison, do Regimento de Cavalaria das Forças Armadas britânicas quando, em 2009, matou um talibã no Afeganistão com um tiro a 2.475 metros de distância, mas poderá ser agora ser destronado pelo soldado ucraniano.

As Forças Armadas da Ucrânia utilizam a Snipex Alligator para este tipo de operações. Esta espingarda começou a ser produzida em 2020 pela Xádo, uma empresa ucraniana de fabrico de armas, mas também de lubrificantes e aditivos. O modelo pesa 25 quilos e tem um comprimento de dois metros. O seu alcance máximo é de sete mil metros.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados