Shell vai deixar de importar petróleo e gás russos

8 mar, 12:19
Shell (AP)

Decisão surge na sequência da polémica compra de um carregamento de matérias-primas oriundas da Rússia

A petrolífera britânica Shell anunciou esta terça-feira que vai deixar de importar petróleo e gás russos devido à guerra na Ucrânia.

A Shell também pediu novamente desculpas por ter comprado petróleo russo na semana passada, já com a guerra na Ucrânia em curso.

"Estamos perfeitamente cientes de que nossa decisão na semana passada de comprar uma carga de petróleo bruto russo não era certa e sentimos muito", disse o CEO da Shell, Ben van Beurden.

A multinacional britânica anunciou ainda o fecho das suas estações de serviço, operações de combustíveis e lubrificantes de aviação na Rússia.

A Shell disse que estas alterações podem levar semanas a ser concluídas e levarão ainda a uma redução da produção em algumas das suas refinarias.

Relacionados

Empresas

Mais Empresas

Mais Lidas

Patrocinados