Quem controla Severodonetsk? Cidade é o novo centro da guerra e ambos os lados a reclamam

5 jun, 23:30

Relatos dos dois lados da guerra contradizem-se. Não é possível saber com exatidão quem domina a cidade

As forças ucranianas estão a tentar "retomar o controlo total" de Severodonetsk, uma cidade estratégica no leste da Ucrânia, afirmou este sábado o presidente da câmara local, Oleksander Striouk.

"Tem havido alguns sucessos" das tropas russas "que conseguiram entrar na cidade e assumir o controlo de boa parte dela, dividindo-a em duas, mas os nossos militares conseguiram recolocar-se e construir uma linha de defesa", precisou.

"Atualmente está a ser feito tudo para que a Ucrânia consiga retomar o controlo total" da cidade, declarou o autarca de Severodonetsk, numa entrevista televisiva divulgada na conta regional na rede Telegram.

"A situação é bastante difícil, fazemos o possível por afastar o inimigo da cidade, os combates de rua prosseguem, acompanhados por disparos regulares de artilharia. As nossas forças armadas estão confiantes que vão conseguir", sublinhou Striouk.

O Ministério da Defesa russo tinha anunciado pouco antes que unidades militares ucranianas se retiraram da cidade de Severodonetsk.

"Unidades do exército ucraniano, tendo sofrido perdas críticas na luta por Severodonetsk (até 90% em várias unidades), recuam para Lysychansk", uma cidade vizinha, declarou o Ministério da Defesa russo, em comunicado.

"Os combates pelo controlo total de Severodonetsk prosseguem", declarou, por seu lado, o estado-maior das forças ucranianas, num ponto de situação, sem mais detalhes.

Por sua vez, o governador de Lugansk, Serhiy Gaidai, diz que o controlo da cidade está dividido.

"Tem sido uma situação difícil, os russos controlaram 70% da cidade, mas nos últimos dois dias eles foram empurrados para trás. A cidade agora está, mais ou menos, dividida a meio", afirmou Gaidai, citado pela Reuters.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados