Míssil russo atinge o território da Moldova

31 out, 10:40

Segundo o governo da Moldova, o projétil terá sido intercetado pelas defesas antiaéreas ucranianas, acabando por ter a sua trajetória desviada e cair no interior do país

Um míssil russo atingiu, esta segunda-feira, o território da Moldova, junto à vila de Naslavcea, perto da fronteira com a Ucrânia, avança o Ministério do Interior do país.

Segundo o governo da Moldova, o projétil terá sido intercetado pelas defesas antiaéreas ucranianas, acabando por ter a sua trajetória desviada e cair no interior do país.

O explosivo caiu numa zona de mato e não fez qualquer vítima, embora tenham sido registados danos em várias habitações da localidade. 

A explosão acontece num dia marcado pelo aumento significativo dos ataques com mísseis cruzeiro e drones kamikaze por parte da Rússia. Segundo Kiev, a Ucrânia foi atacada esta manhã com mais de 50 mísseis, que tiveram como alvo diversos alvos civis.

Várias infraestruturas críticas do país foram atingidas, deixando grande parte do país sem luz, água ou internet.  A capital Kiev foi uma das cidades mais fustigada por estes ataques e mais de 300 mil habitantes estão sem eletricidade.

A Central Hidroelétrica de Dnipro também foi atacada com vários mísseis. 

Após a onda de ataques russos desta manhã, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia disse: "A Rússia em vez de estar a lutar no campo de batalha, está a lutar contra civis". 

"Não justifiquem este ataques apelidando-os de 'resposta'. A Rússia faz isto porque ainda tem mísseis e porque mantém a vontade de matar os ucranianos", escreveu no Twitter.  

Europa

Mais Europa

Patrocinados