Jill Biden visitou a Ucrânia e reuniu-se com a primeira-dama do país

Pedro Falardo , Artigo atualizado às 15:29
8 mai, 15:13

Olena Zelenska, na sua primeira aparição pública desde o início da invasão russa, elogiou o "ato muito corajoso" da sua homóloga norte-americana. Este domingo, o primeiro-ministro canadiano Justin Trudeau também viajou para a Ucrânia

A primeira-dama dos EUA, Jill Biden, visitou o território ucraniano este domingo, onde se reuniu com a homóloga do país invadido pela Rússia, Olena Zelenska. A notícia foi avançada pelo jornal americano The Washington Post.

"Queria visitar a Ucrânia no Dia da Mãe", afirmou Biden, antes de um encontro à porta fechada com Olena Zelenska, mulher do presidente ucraniano. "Pensei que seria importante demonstrar ao povo ucraniano que esta guerra tem de parar e que o povo dos Estados Unidos está ao lado do povo da Ucrânia", completou.

Por seu turno, Zelenska, na sua primeira aparição pública desde o início da invasão, elogiou o "ato muito corajoso" da sua homóloga.

"Sabemos o que custa para a primeira-dama dos EUA vir aqui durante uma guerra, quando ocorrem ações militares todos os dias, e quando as sirenes soam a toda a hora, como hoje", afirmou a primeira-dama ucraniana.

Durante a deslocação à localidade fronteiriça de Uzhhorod, as duas primeira-damas visitaram uma escola, onde ajudaram as crianças presentes com trabalhos manuais, antes de se reunirem a sós, longe da presença dos media.

A visita de Jill Biden não estava prevista. A mulher do atual presidente dos EUA tinha estado anteriormente na Roménia e na Eslováquia, onde se encontrou com refugiados, voluntários e autoridades locais. O The Washington Post avança que viagem à Ucrânia é a mais importante da primeira-dama norte-americana desde que o marido iniciou o seu mandato, em janeiro de 2021.

Esta visita ocorre uma semana depois de Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, ter visitado Kiev e reunido com o presidente Zelensky. Joe Biden, por seu turno, não deverá viajar até à Ucrânia, por razões de segurança.

Este domingo, o primeiro-ministro canadiano Justin Trudeau também visitou a Ucrânia, mais concretamente a capital Kiev e os seus subúrbios mais afetados pela invasão russa. As imagens da visita do chefe de Estado do Canadá foram divulgadas pela presidência da Ucrânia.

Justin Trudeau visita Irpin, nos subúrbios de Kiev (Presidência da Ucrânia)

A Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro, uma ação que foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados