Há agentes da CIA e forças especiais norte-americanas na Ucrânia, garante o The New York Times

27 jun, 15:28
Central Intelligence Agency - CIA (AP Photo)

EUA não admitem a realização de operações em solo ucraniano, mas Moscovo está bem ciente da presença destes efetivos no país que invadiu

O The New York Times avança que há agentes da CIA na Ucrânia, com o propósito de transmitir informações apuradas pelos EUA para as forças de segurança e defesa do país invadido.

De acordo com o jornal norte-americano, citando fontes norte-americanas e europeias, há também vários elementos de forças especiais dos EUA no terreno, com objetivo de coordenar o fornecimento de armas e informação à Ucrânia, bem como treinar as forças de Kiev para a frente de batalha. Reino Unido, França, Canadá e Lituânia serão outros dos países que terão comandos na Ucrânia, adianta a publicação.

Jason Crow, membro do Comité dos Serviços Armados e Informações da Câmara dos Representantes, afirma que a relação entre as forças ucranianas e os comandos de países do Ocidente se tem provado “muito valiosa” na luta contra a Rússia.

“Tem sido crítico saber com quem lidar durante situações caóticas de campo de batalha, e a quem levar armas. Sem essas relações, isto teria demorado muito mais tempo", disse Crow, citado pelo mesmo jornal.

Embora o presidente dos EUA tenha afirmado várias vezes que não destacará tropas para a Ucrânia, nem o país reconheça a presença destes agentes em solo ucraniano, a Rússia está ciente das operações destes efetivos no país por si invadido.

A maioria destes operacionais está destacada em Kiev, adianta o diário, longe das frentes de batalha. A função dos comandos é, nesta altura, de particular importância, dado que as forças ucranianas estão a perder muitos dos seus mais experientes soldados.

"Eles estão a perder 100 soldados por dia. Isto é quase como o auge da Guerra do Vietname para nós; é terrível. E eles estão a perder muita gente experiente", adiantou um antigo funcionário da administração Trump ao NYT, sob anonimato.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados