Exército ucraniano acusa Bielorrússia de bombardear a região fronteiriça de Chernihiv

Agência Lusa , HCL
25 jun, 11:26
Fumo de um tanque russo destruído pelas forças ucranianas na berma de uma estrada na região de Lugansk

Kiev acusou a Rússia de estar a “arrastar” Minsk para a guerra

A Bielorrússia, aliado diplomático de Moscovo, bombardeou a região fronteiriça de Cherihiv, na Ucrânia, a nordeste de Kiev, disse este sábado o Exército ucraniano, acrescentando que o ataque não causou vítimas e afetou uma infraestrutura.

"Por volta das 05:00 [02:00 em Lisboa], a região de Chernihiv sofreu um bombardeio maciço de mísseis. Vinte ‘rockets’ atingiram a vila de Desna, disparados do território da Bielorrússia", informou o Comando Norte das tropas ucranianas, numa publicação na rede social Facebook, acrescentando que "não houve vítimas" nesta fase e apenas "uma infraestrutura foi afetada", sem indicar se se trata de uma instalação militar ou não.

Segundo a agência de notícias France-Presse, Kiev acusou a Rússia de estar a “arrastar” Minsk para a guerra.

Europa

Mais Europa

Patrocinados