Autoridades croatas alarmadas com queda de drone militar em Zagreb

CNN Portugal , HCL
13 mar, 00:50

Tinha acabado de escurecer, quando uma forte explosão abalou uma zona residencial nos arredores da cidade de Zagreb, a capital da Croácia. A explosão não fez feridos, mas a causa está envolta em mistério

Autoridades croatas revelaram ter ficado alarmadas após um drone militar ter caído na capital Zagreb na quinta-feira. O primeiro-ministro do país, Andrej Plenkovic, disse estar preocupado com o facto de a aeronave aparentemente ter voado da Ucrânia sem ser interceptada pela NATO.

Investigadores militares passaram o sábado a escavar o que resta do drone de dentro da cratera que provocou em Zagreb. Enquanto trabalhavam, estudantes foram retirados do dormitório que a aeronave não tripulada quase atingiu quando caiu.

De acordo com o chefe da Polícia Militar, a caixa preta do drone foi recuperada intacta - o que pode ajudar os investigadores a identificar a origem da aeronave e o seu objetivo.

Um oficial militar croata confirmou que o drone era um TU-141 da era soviética. Ainda que esteja há muito ultrapassado, em termos de tecnologia desenvolvida no campo de aeronaves não tripuladas, este tipo de drone ainda é usado por militares ucranianos.

No entanto, as autoridades em Kiev negaram a responsabilidade pelo incidente que causou um alarme generalizado na Croácia.

Este drone entrou em serviço pela primeira vez em 1979, mas acabou por deixar de ser utilizado no ano de 1989. Porém, suspeita-se que tenha sido reintroduzido nas forças armadas ucranianas em 2014, durante o conflito na região do Donbass.

Horas depois do que aconteceu em Zagreb, o assessor do Ministério da Defesa Ucraniano Markian Lubkivskiy rejeitou tratar-se de um equipamento ucraniano e apontou a culpa para as forças russas. “O drone não tinha insígnias ucranianas. Tinha uma estrela vermelha”, afirmou, citado pela agência russa TASS. Resposta semelhante foi dada pelos representantes russos, que sublinham que as forças armadas deixaram de utilizar o aparelho em 1991.

Europa

Mais Europa

Patrocinados