Nove polícias feridos em manifestação de agricultores em Espanha

Agência Lusa , MM
5 mar, 17:38
Agricultores (Lusa)

Incidentes em Zamora, no noroeste do país. Três agentes da Guarda Civil feridos com gravidade

Nove elementos da Guarda Civil espanhola ficaram esta terça-feira feridos, três deles com gravidade, numa manifestação de agricultores em Zamora, no noroeste de Espanha, disseram as autoridades locais.

Os confrontos entre a Guarda Civil (uma força de segurança semelhante à Guarda Nacional Republicana em Portugal) e os manifestantes ocorreram numa autoestrada da região, durante uma concentração de agricultores.

Duas pessoas foram detidas, segundo as autoridades.

Os agricultores espanhóis, em linha com o que tem acontecido noutros países europeus, têm-se manifestado diariamente, desde o início de fevereiro, contra as políticas para o setor, em especial, a Política Agrícola Comum (PAC) da União Europeia (UE) e outras regras de Bruxelas.

As manifestações têm ocorrido em diversos pontos de Espanha e hoje houve notícias de protestos nas regiões de Castela e Leão (em Zamora e Salamanca), da Catalunha (em Barcelona) ou do Pais Basco (em Vitória), entre outras.

As organizações de agricultores mantêm convocadas manifestações para as próximas semanas, apesar dos anúncios feitos recentemente pelo governo espanhol e pela UE para responder às reivindicações do setor.

A Comissão Europeia avançou com concessões como o adiamento da redução do uso de pesticidas e lançou um inquérito aos agricultores e pequenos fornecedores de cadeias de abastecimento para avaliar as práticas comerciais desleais.

Os ministros da Agricultura da UE aprovaram também recentemente um primeiro pacote de medidas imediatas destinado a aliviar a carga burocrática exigida para os pagamentos diretos e desobrigar do cumprimento de pousio das terras os produtores de leguminosas.

Já o governo espanhol apresentou um pacote de 18 medidas às confederações agrícolas do país, mas reconheceu que são, em boa parte, competência da UE e, por isso, o compromisso do executivo é propô-las e defendê-las em Bruxelas.

Entre essas propostas estão várias para flexibilização de regras da PAC, a simplificação de procedimentos e diminuição de burocracia e mais exigências para produtos importados do exterior da UE, as designadas "cláusulas espelho" (impor às importações as mesmas regras de produção impostas dentro dos Estados-membros).

Espanha é o primeiro exportador da UE de frutas e legumes.

Europa

Mais Europa

Patrocinados