Se não receber o apoio de 125 euros já, o Governo vai tentar fazer a transferência todos os meses. Saiba como verificar o seu caso

20 out, 09:38

Secretário de Estado para os Assuntos Fiscais garante que o Portal das Finanças tem toda a informação disponível sobre se já recebeu o apoio e quanto vai receber

Cerca de seis milhões de portugueses começam a receber o apoio de 125 euros do Governo já a partir desta quinta-feira. À CNN Portugal, o secretário de Estado para os Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, garante que os prazos vão ser cumpridos, mas deixa o alerta: se passados dez dias ainda não tiver recebido o apoio, verifique os seus dados no Portal das Finanças. 

"Temos identificado que algumas pessoas poderão ter ou o IBAN errado ou ainda não tenham feito a atualização", afirma o secretário de Estado. 

E, nesse caso, o governante adianta que a Autoridade Tributária irá fazer uma nova tentativa de pagamento todos os meses durante os próximos seis meses. "Vamos tentar fazer essa transferência para aqueles que não receberam entretanto", garante.

"O melhor conselho que posso dar é mesmo esse: ir ao Portal das Finanças, verificar o seu estado e verificar se no seu cadastro tem o IBAN. Se não tiver no cadastro, mas no IRS tiver colocado o IBAN, é esse que iremos utilizar."

Pode ver como efetuar estes passos no vídeo abaixo.

Se é dos que ainda não recebeu o apoio, o secretário de Estado deixa uma mensagem: "Para todos os que esperam, às vezes com alguma ansiedade porque necessitam deste valor, podem consultar no Portal das Finanças a informação precisa e individual sobre o estado do seu apoio".

Quando, quanto (em função da sua situação ou dos filhos que tem) e o estado desse apoio (se já foi processada a transferência), "tal como no IRS".

Para ter a certeza que vai receber o apoio, quanto lhe será pago por cada filho e em que situação se encontra o seu apoio extraordinário, como por exemplo, se "aguarda pagamento", tem de entrar nesta ligação direta e autenticar-se com o mesmo NIF e palavra-passe que usa para aceder ao Portal das Finanças. 

pacote de apoios às famílias para mitigar o impacto da inflação foi anunciado pelo Governo em 5 de setembro e terá um custo global de 2,4 mil milhões de euros, de acordo com o executivo.

O apoio é atribuído aos residentes com rendimentos anuais declarados até 37.800 euros, sendo também abrangidos beneficiários de determinadas prestações sociais.

Dinheiro

Mais Dinheiro

Patrocinados