Mais de 20 veículos apreendidos no âmbito de fiscalização a circulação de mercadorias

Agência Lusa , AM
20 out, 10:54
GNR

Ação conjunta da GNR e da Autoridade Tributária e Aduaneira teve por objetivo a fiscalização e controlo intensivo de mercadorias em circulação nos principais eixos da rede viária nacional

Mais de 20 veículos foram apreendidos e 279 autos de notícia por infrações fiscais e aduaneiras foram levantados durante a operação “Network II”, numa ação conjunta da GNR e da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT).

Esta quinta-feira, num comunicado conjunto, a GNR e a AT referem que no âmbito da operação, realizada na quarta-feira, foram controlados 3.900 veículos, levantados 279 autos de notícia por infrações fiscais e aduaneiras, 324 autos de notícia por infrações diversas por parte da guarda, designadamente à legislação rodoviária e ambiental.

Foram também apreendidos 21 veículos automóveis que circulavam de forma irregular.

A ação conjunta teve por objetivo a fiscalização e controlo intensivo de mercadorias em circulação nos principais eixos da rede viária nacional.

A operação visou o controlo dos documentos de transporte e faturação, de mercadorias sujeitas a Impostos Especiais sobre o Consumo, designadamente, Imposto sobre os Produtos Petrolíferos e Produtos Energéticos (ISP), Imposto sobre o Tabaco (IT) e Imposto sobre o Álcool e Bebidas Alcoólicas (IABA) e IVA, bem como a regular condição dos veículos de matrícula estrangeira em circulação no território nacional.

Na ação participaram 18 direções de Finanças, duas divisões operacionais dos serviços centrais, nove alfândegas e seis delegações aduaneiras, coordenadas pelos serviços centrais da Inspeção Tributária e Aduaneira, num total de 450 inspetores da AT.

Da parte da GNR participaram 20 comandos territoriais de todos os distritos e das regiões autónomas dos Açores e Madeira e a Unidade de Ação Fiscal, num total de 599 militares da Guarda.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados