Militar da GNR apresenta-se ao serviço com taxa de 1,19 g/l de álcool

26 ago, 14:53

Quando confrontado com o resultado do teste, o militar de 21 anos tentou destruir as provas

Um militar do posto da GNR de Nisa, Portalegre, foi detido por se ter apresentado ao serviço com uma taxa de alcoolemia de 1,19 g/l, confirma a Guarda Nacional Republicana.

Em comunicado, a GNR adianta que, quando confrontado com o resultado do teste, o militar de 21 anos tentou destruir as provas.

O militar apresentou um comportamento desajustado, alterado e tentou destruir as provas, nomeadamente, o registo e resultado do teste de alcoolemia.”

O jovem acabou por ser detido pelo crime de insubordinação e desobediência, tendo-lhe sido retirada a farda que vestia, por questões de segurança.

A GNR refere ainda que foi aberto um processo disciplinar ao militar e foi solicitado ao Centro Clínico da Guarda uma avaliação e o acompanhamento psicológico/psiquiátrico deste militar.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados