GNR salva 14 migrantes ao largo da Sardenha

PP
12 mai, 11:13
GNR resgata migrantes ao largo da Sardenha

Eram todos argelinos e cinco eram menores de idade. Vinham numa pequena embarcação de madeira

A Guarda Nacional Republicana (GNR), através da Unidade de Controlo Costeiro (UCC), detetou e resgatou 14 migrantes, no âmbito da Operação Conjunta “THEMIS 2022” com a Lancha de Patrulhamento Costeiro Bojador, a sul de Sardenha, esta quarta-feira. Eram todos argelinos, cinco eram menores de idade e vinham numa pequena embarcação de madeira.

A informação foi divulgada pela GNR através de um comunicado enviado aos órgãos de comunicação social: "Durante uma ação de patrulhamento, os militares receberam informação de que um pesqueiro local teria avistado uma embarcação com migrantes a cerca de 15 milhas náuticas a sul da Sardenha, já em águas territoriais italianas. De imediato, foram encetadas diligências com o intuito de apurar a veracidade da informação tendo, pelas 21h25, sido detetada e intercetada uma pequena embarcação de madeira com 14 migrantes a bordo, todos homens de nacionalidade argelina, dos quais cinco eram menores de idade".

Ainda de acordo com o mesmo documento, "os militares da tripulação do Bojador procederam ao resgate dos migrantes para bordo do navio, aos quais foram distribuídas mantas térmicas dado que se apresentavam em evidente estado de exaustão fruto da navegação, bem como foram distribuídos bens alimentares".

Findo o resgate, os migrantes foram transportados para o Porto de Sant’Antioco, em coordenação com as autoridades locais e equipas da FRONTEX, tendo ainda sido efetuado o reboque da embarcação utilizada na travessia.

No decorrer do transporte foram ainda prestados os primeiros socorros a dois migrantes que apresentavam ferimentos ligeiros decorrentes da travessia.

País

Mais País

Patrocinados