Cinco receitas fáceis para celebrar o Dia Internacional do Gin Tónico, o "perfume que se bebe"

19 out, 18:34
Gin tónico (Pexels)

Esta quarta-feira, 19 de outubro, celebra-se o Dia Internacional do Gin Tónico. A CNN Portugal quis saber como se faz um bom gin tónico e procurou inspiração junto de quem mais sabe

Uma garrafa de água tónica, um pouco de gin, dois cubos de gelo, umas raspas de um fruto à escolha e umas folhas de hortelã. Na teoria, parece fácil, mas fazer um bom gin pode ser desafiante: afinal, qual é a quantidade certa de gin? E a água tónica, pode ser uma qualquer? Nesta quarta-feira em que se celebra o Dia Internacional do Gin Tónico, a CNN Portugal quis saber como se faz um bom gin tónico e procurou inspiração junto de quem mais sabe.

Miguel Somsen, um dos fundadores da Gin Lovers, descreve o gin tónico como um “perfume que se bebe”, não só porque, tal como as fragrâncias, o gin passa por um processo de destilação, mas também porque, antes de provarmos um gin tónico, já devemos conseguir cheirar o perfume dos frutos vermelhos, da laranja, do limão, do gengibre, enfim, do fruto que desejarmos - mas sem misturas.

“Um bom gin tónico deve incluir o melhor gin, a melhor água tónica e o melhor gelo que for possível encontrar e, se depois, se quisermos, colocar na essência uma raspa de limão ou uma raspa de laranja, sem acumular. Ou seja, fazer uma opção de finalização consoante o perfume que queremos cheirar. Tudo o resto é ruído”, resume Miguel Somsen, em declarações à CNN Portugal.

Isto significa que, quando o assunto é gin tónico, não se deve olhar a preços, diz o fundador da Gin Lovers: “Aquilo que eu sugiro às pessoas é que tentem não comprar os gins mais baratos e as tónicas de marca branca, porque estas têm muito pouco gás, o que torna a bebida tépida - e um gin tónico que não tenha gás não tem interesse.”

Parecendo que não, o gelo também pode fazer toda a diferença entre um bom gin tónico e um “gin tónico sem interesse”, explica Miguel Somsen, que diz que “um bom gin deve ser bebido entre 15 a 20 minutos”. “Depois disso, já está a envelhecer - isto se os cubos de gelo forem pequenos. Se forem grandes, basta dois cubos de gelo e aquilo aguenta pelo menos 45 minutos. Além disso, não pode ser utilizado gelo de cocktail, que é um gelo partido e que será bom para cachaça e margaritas, mas é péssimo para água tónica”, sublinha. 

Eis alguns exemplos de receitas de gin tónico que pode fazer em casa para surpreender o seu grupo de amigos:

Gins tónicos "Perfect Serve" de Tiago Seguin-Schrek

Tiago Seguin-Schrek, de 26 anos, aproveitou a experiência como bartender para criar três gins tónicos simples, utilizando várias marcas de gin e de água tónica e combinações de aromas que prometem fazer destes cocktails uma autêntica experiência de gustação.

O procedimento é quase sempre o mesmo: utilize um copo de balão (se não tiver em casa, pode utilizar um copo alto), gele o copo com a ajuda de uma colher, sirva o gin e a água tónica e, por fim, pode aventurar-se na guarnição.

Para estas receitas de gin tónico vai precisar de 5cl de Gin Tanqueray, de Gin Citadelle ou Gin Monkey47. Para a água tónica, tem duas opções: 20cl da clássica Schweppes ou Fever Tree. Por fim, para os aromas, vai precisar da casca de um limão, de lima ou laranja e dois paus de canela. Mas vamos por partes:

Se optar pelo Gin Tanqueray, gele o copo e adicione 5cl de gin, seguido de 20cl de água tónica Schweppes ou Fever Tree. Como este gin tem umas notas cítricas, pode aromatizar com uma casca de limão no final.

Caso escolha o Gin Citadelle, o procedimento é ligeiramente diferente: antes de colocar o gelo, o gin e a tónica, queime um pau de canela para defumar o copo onde vai servir o cocktail. Depois, adicione o gelo, seguido de 5cl de Gin Citadelle e 20cl de água tónica Schweppes ou Fever Tree. No final, adicione um pau de canela e casca de laranja.

A terceira receita é a mais simples e já vai perceber porquê. Se optar pelo Gin Monkey 47, adicione 5cl deste gin e 20cl de água tónica Fever Tree. E é isto. Mas, se quiser muito aromatizar o cocktail, pode adicionar uma raspa de lima no final.

Gin Tónico de Toranja - Lota da Esquina

Gin tónico com finalização de toranja (Fotografia: Lota da Esquina)

Contactada pela CNN Portugal, a Lota da Esquina, um restaurante situado na Baía de Cascais, destaca esta receita no seu menu como um gin tónico fácil de fazer em casa. Num copo alto, adicione gelo e 5cl de Gin Beefeater 24. De seguida, adicione 20cl de água tónica Schweppes Selection Pomelo e Nepalese Berry e uma rodela de toranja no final.

Gin Tónico de Mirtilo e Hortelã - Gin Lovers

Gin tónico de martillo e hortelã (Fotografia: Gin Lovers)

Para quem gosta de experimentar combinações de sabores, a Gin Lovers criou esta receita de um gin tónico que junta o sabor leve do mirtilo com a frescura da hortelã, que a própria designa por Gin Lovers Black. Para fazer este gin tónico, precisa de cinco pedras de gelo, três mirtilos, três folhas de hortelã, 50ml de black gin, 200ml de água tónica Fever Tree Mediterranean e uma rama de hortelã que tenha quatro folhas de flor de hortelã.

Comece por colocar as cinco pedras de gelo no copo de gin e, com a ajuda de uma colher de bar, gele o copo e escorra a água que possa ter gerado com um strayner (coador). Depois, adicione as três bagas de mirtilo cortadas ao meio, utilizando uma das partes para bordear o copo. De seguida, junte as três folhas de hortelã de forma a poder bater com as mesmas por todo o copo, para soltar o seu aroma. Adicione o gin e sirva a água tónica com cuidado de forma a preservar a sua gaseificação.

Com a ajuda de uma colher de bar, misture o gin tónico apenas com um movimento de baixo para cima e passe na bordadura do copo. Por fim, coloque a flor de hortelã no topo do copo, abrindo o seu aroma com uma palmada sem estragar o seu aspeto.

Tendências

Mais Tendências

Na SELFIE

Patrocinados