Ricardo Soares: «Sporting não me atemoriza, vamos jogar para ganhar»

16 dez 2021, 13:21
Ricardo Soares no Gil Vicente-Arouca (José Coelho/LUSA)

Treinador do Gil Vicente promete equipa «com ambição» na receção ao campeão nacional

Ricardo Soares multiplicou-se em elogios ao Sporting, esta quinta-feira, em conferência de imprensa, mas frisou a «ambição» do Gil Vicente em «jogar para ganhar» na receção aos leões marcada para este sábado, relativa ao jogo da 15.ª jornada da Liga.

«Prevejo um jogo competitivo, vamos defrontar uma equipa que, nas competições internas, ainda não perdeu e isso é demonstração de qualidade. É uma equipa bem orientada, que percebe muito bem os momentos do jogo, que joga em 5x2x3, tem a capacidade de jogar alto e de jogar baixo, com bola e sem bola e, nas bolas paradas, tem um conjunto de jogadores com características muito fortes no jogo aéreo que lhe dão essa capacidade», começou por enunciar o técnico.

Antevendo «um grande jogo de futebol», entre «duas equipas que vão querer ganhar», Ricardo Soares notou que «todas as equipas têm sempre pontos fortes e menos fortes», elogiando no Sporting, «uma equipa quase sem erros», a capacidade de entender os vários momentos do jogo.

«É uma equipa matreira, pressionante quando tem de ser e, mesmo quando as coisas não estão a ir de encontro ao plano de jogo, há sempre uma bola parada. Esses esquemas táticos são uma valência enorme do Sporting, que o diferenciam de outras equipas. De um momento para o outro, mesmo se não estiverem a ser superiores, o Sporting é muito eficaz nas bolas paradas», disse.

O treinador garantiu que a sua equipa não vai ser surpreendida pelos leões e prometeu um Gil Vicente com «ambição» e com o objetivo de, a espaços, ser superior ao Sporting, «jogando o jogo pelo jogo». «Queremos ser iguais a nós próprios, com um futebol positivo, virado para o ataque. Queremos criar dificuldades ao Sporting, sabendo que o Sporting nos vai criar mais a nós, mas não me atemoriza o Sporting, como nenhum clube. Vamos jogar para ganhar, com todo o respeito. Esperamos ter ascendente sobre o Sporting em alguns momentos do jogo. Defender não para destruir, mas para atacar», disse.

Ricardo Soares disse ainda que «não faz sentido falar em baixas no Sporting», porque «é uma equipa altamente qualificada que tem a responsabilidade de vencer o jogo». «Em ano e meio [a época anterior e meia da atual], só tem uma derrota [no campeonato] e numa altura em que já tinha atingido o objetivo principal [campeão nacional], e isso faz a diferença», afirmou.

O Gil Vicente vem de duas vitórias consecutivas no campeonato e não perde há cinco jornadas, um «bom momento» assumido pelo técnico que considera, ainda assim, que a sua equipa «pode crescer muito mais». «É uma equipa jovem, alicerçada em três ou quatro jogadores não tão jovens, como o Pedrinho, o Talocha ou o Henrique, ainda com a experiência do Ruben Fernandes, que faz também a diferença para que os jovens possam crescer», referiu.

O Gil Vicente é uma das equipas com mais posse de bola no campeonato, mas Ricardo desvalorizou esse dado estatístico. «Não adianta estar aqui a falar com um discurso bonito, não sou esse tipo de treinador, quero é que a minha equipa fale dentro de campo. Ouço o que os meus colegas dizem, mas, sinceramente, gosto mais de olhar para o que as suas equipas jogam para ver se é verdade o que dizem», afirmou.

O defesa direito Zé Carlos, castigado, é baixa no Gil Vicente para o jogo deste sábado (20h30) que vai contar com arbitragem de Tiago Martins, da associação de futebol de Lisboa.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados