Três homens detidos em Marvila por ameaças e agressões a bombeiros e polícias

Agência Lusa , CE
16 abr, 16:42
Crime

São suspeitos da prática dos crimes de resistência e coação sobre funcionário e ofensas à integridade física qualificada

Três homens com idades entre os 27 e os 32 anos foram detidos na freguesia de Marvila, em Lisboa, por terem injuriado, ameaçado e agredido bombeiros e polícias na sequência de um incêndio numa casa, anunciou este sábado a PSP.

Em comunicado, a PSP explica que, "após comunicação da existência de um incêndio em habitação, os meios policiais foram imediatamente acionados para prestar o devido apoio aos bombeiros e adotar as necessárias medidas", caso fosse preciso proteger moradores em perigo.

No local, estavam várias corporações de bombeiros, que alertaram os polícias sobre "um indivíduo agressivo que teria já injuriado e ameaçado" alguns deles, "tendo inclusive dificultado a entrada na residência onde o incêndio estaria a deflagrar".

Segundo a PSP, o suspeito "injuriou a equipa de bombeiros, tendo-se recusado de forma veemente a fornecer a sua identificação, mesmo após diversas insistências".

Atendendo ao "grau de ameaça cada vez mais crescente, e à terminante recusa do suspeito, foi dada ordem para que fosse algemado" e "conduzido a subunidade policial, de modo a poder ser devidamente identificado", o que o levou a reagir violentamente, pontapeando e empurrando vários polícias, acrescenta.

A PSP refere que, no momento em que o suspeito estava a ser algemado, outros dois, seus familiares, "partiram o vidro de uma porta do edifício de forma a acederem ao lote" onde se encontravam, de forma a "se oporem à ação policial e permitir a fuga do suspeito já detido".

"Estes dois suspeitos vieram a agredir um dos bombeiros no local, que se opôs aos intentos dos suspeitos, tendo de seguida se colocado em fuga para o exterior", acrescenta.

Os três homens são suspeitos da prática dos crimes de resistência e coação sobre funcionário e ofensas à integridade física qualificada.

De acordo com a PSP, todos eles têm um histórico de participação em vários tipos de crimes, "entre os quais situações de agressões e desobediência a polícias".

Um deles já foi condenado a pena de prisão pela prática de crimes violentos, como roubo.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados