Reaberta rua da PJ, em Lisboa, após falso alarme com mala abandonada

Agência Lusa , PF; notícia atualizada às 19:58
2 out 2023, 19:31
Polícia Judiciária

Tratando-se de um objeto desconhecido, foi chamada ao local a PSP, que definiu um perímetro de segurança na rua Gomes Freire para uma análise ao local com uma equipa cinotécnica e material de raios-x. O resultado da análise foi negativo

A rua onde se situa a sede da Polícia Judiciária, em Lisboa, foi reaberta cerca das 19:25, depois de ter estado isolada devido a uma mala abandonada numa lateral do edifício, disse à Lusa fonte oficial da polícia.

A mala de viagem (tipo ‘trolley’), detetada cerca das 15:00 e que esteve na origem do isolamento da rua, com corte de trânsito, não constituía “nenhuma ameaça”, segundo fonte da direção nacional da PJ.

Tratando-se de um objeto desconhecido, foi chamada ao local a PSP, que definiu um perímetro de segurança na rua Gomes Freire para uma análise ao local com uma equipa cinotécnica e material de raios-x.

O resultado da análise foi negativo, ainda de acordo com a fonte, e cerca das 19:25 foi levantado o perímetro de segurança pelas autoridades.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados