Portugal recebe mais de 30 crianças e jovens refugiados

17 dez 2021, 18:15
Refugiados afegãos
Refugiados afegãos

País é o terceiro Estado-membro da União Europeia que acolheu mais jovens não acompanhados. Ao todo foram quase 200

PUB

Portugal recebeu 33 crianças e jovens refugiados não acompanhados durante esta semana, informou esta sexta-feira o Governo.

Estas pessoas, provenientes de campos de refugiados da Grécia, chegam ao país ao abrigo do Programa de Recolocação Voluntária.

PUB

Foram ainda acolhidas outras quatro pessoas ao abrigo do Programa Nacional de Reinstalação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.

Estes jovens chegam de países como Afeganistão, Argélia, Egito, Paquistão, Somália ou Síria, e vão ser acolhidos em Castelo Branco, Coimbra, Leiria e Lisboa.

As outras quatro pessoas, que chegaram do Egito e têm nacionalidade síria, vão para o Norte do país.

Ao abrigo do Programa de Reinstalação, Portugal já recebeu 927 pessoas vindas de Egito e Turquia e que têm diferentes nacionalidades.

"Reconhecendo a especial vulnerabilidade das crianças e jovens estrangeiros não acompanhados, o Governo português respondeu ao apelo do governo grego e da Comissão Europeia, em março de 2020, para a recolocação dos cerca de 500 crianças e jovens que se encontravam na Grécia. Com a chegada deste grupo, já foram acolhidas 199 crianças e jovens no país, em Casas de Acolhimento Especializado distribuídas pelo país. De acordo com os dados da Comissão Europeia de outubro deste ano, Portugal é o 3.º Estado-Membro que mais menores não acompanhados acolheu, a seguir à França e à Alemanha", informa a nota do Ministério da Administração Interna.

PUB
PUB
PUB

O Governo faz ainda um balanço dos refugiados acolhidos em Portugal, dando conta que acolheu 262 pessoas no âmbito de situações de emergência que decorrem de resgates no Mediterrâneo.

Segundo o executivo, Portugal foi o sexto país europeu que mais refugiados acolheu ao abrigo do Programa de Recolocação da UE, recebendo 1.550 refugiados vindos da Grécia e Itália entre dezembro de 2015 e abril de 2018, que foram acolhidos por 97 municípios.

Ao abrigo do acordo bilateral entre Portugal e a Grécia chegaram ao país 100 beneficiários/requerentes de proteção internacional, estando cumprido o compromisso assumido entre os dois governos em março de 2019.

Portugal recebeu igualmente 142 requerentes de asilo ao abrigo do acordo entre a UE e a Turquia, entre junho de 2016 e dezembro de 2017.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

País

Mais País

Patrocinados