Portugal levanta suspensão de voos para Moçambique

18 dez 2021, 15:01
Passageiros chegam ao aeroporto de Lisboa (Manuel de Almeida/Lusa)
Passageiros chegam ao aeroporto de Lisboa (Manuel de Almeida/Lusa)

Passageiros que cheguem daquele país passam a ter de fazer isolamento profilático durante 14 dias

PUB

Portugal levantou esta sexta-feira a suspensão de voos não essenciais para Moçambique, depois de ter decretado esta medida por causa da variante da covid-19 Ómicron, identificada na África do Sul em novembro.

De acordo com um despacho publicado em Diário da República, o Governo determina o cumprimento de isolamento profilático de passageiros provenientes dos seguintes países da África Austral: África do Sul, Botsuana, Essuatíni, Lesoto, Moçambique, Namíbia e Zimbabué.

PUB

"Os passageiros dos voos a que se refere o número anterior, bem como os passageiros que, independentemente da origem, apresentem passaporte com registo de saída dos países a que se refere o anexo 14 dias anteriores à chegada a Portugal continental, devem cumprir, após a entrada em Portugal continental, um período de isolamento profilático de 14 dias, no domicílio ou em local indicado pelas autoridades de saúde", estabelece o documento, referindo-se aos sete países descritos.

Esse mesmo isolamento profilático pode terminar caso seja apresentado um resultado negativo num teste PCR ou num teste rápido de antigénio realizado no terceiro dia após a chegada.

PUB
PUB
PUB

Adicionalmente, os passageiros que não fiquem mais de 48 horas em Portugal estão dispensados de isolamento.

A aplicação destas medidas restritivas foi decidida a 27 de novembro, com o objetivo de prevenir a disseminação da nova variante, que tem até 32 mutações, e é mais contagiosa que as anteriores.

As novas regras aplicam-se também a quem chegue por via terrestre ou via marítima (tendo estado num daqueles sete países nos 14 dias anteriores à chegada).

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

País

Mais País

Patrocinados