PJ deteve mulher suspeita de atear fogo à sua casa em Barcelos

Agência Lusa , CF
3 ago, 14:42
Fogo em Setúbal obriga a evacuar hotel e dezenas de casas

A detida terá agido por motivos passionais e num quadro de violência doméstica

A Polícia Judiciária (PJ) deteve esta quarta-feira uma mulher suspeita de ter ateado fogo à sua habitação, numa freguesia do concelho de Barcelos, ao final da tarde de terça-feira.

Em comunicado, a PJ refere que a detida, de 36 anos, agiu por motivos passionais e num quadro de violência doméstica.

“Terá ateado fogo à habitação onde residia, com recurso a chama direta”, acrescenta.

Segundo a PJ, o incêndio provocou a “destruição parcial” do imóvel, situado na freguesia de Vila Frescaínha S. Martinho.

“Não fosse o rápido alerta por populares e a pronta intervenção dos bombeiros, o incêndio teria consumido todo o edificado”, sublinha a PJ.

A detenção da arguida contou com a colaboração da PSP.

A mulher vai ser presente a tribunal para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

Patrocinados