Paulo Raimundo vai substituir Jerónimo de Sousa como secretário-geral do PCP

5 nov, 21:15

A decisão do PCP marca um fim de um ciclo da liderança de Jerónimo de Sousa, que faz 18 anos no próximo dia 27 de novembro

Quase duas décadas depois, o percurso de Jerónimo de Sousa enquanto secretário-geral do Partido Comunista Português está a chegar ao fim. Paulo Raimundo é o nome que vai ser proposto para ser o próximo secretário-geral do PCP, de acordo com um comunicado enviado pelo partido.

O Comité Central do PCP vai ter uma reunião no próximo sábado, dia 12 de novembro, após o primeiro dia da Conferência Nacional, onde já fez saber que irá avançar com a proposta da eleição de Paulo Raimundo para Secretário-Geral do PCP.

"Paulo Raimundo é de uma geração mais jovem, com um percurso de vida marcado por uma experiência diversificada, com capacidade, inserção no colectivo, preparado para uma responsabilidade que associa a dimensão pública à ligação, contacto e identificação com os trabalhadores e as massas populares e com o Partido, as suas organizações e militantes", escreve o partido. 

Esta decisão marca um fim de um ciclo da liderança de Jerónimo de Sousa, que faz 18 anos no próximo dia 27 de novembro. O seu sucessor, Paulo Raimundo, é militante do Partido Comunista Português desde 1994 e funcionário desde 2004. 

Trabalhou em carpintaria, foi padeiro e animador cultural na Associação Cristã da Mocidade na Bela Vista. "Realidades que lhe permitiram sentir as contradições do dia-a-dia, a realidade do trabalho mal pago, da exploração e da precariedade", escreve o PCP.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados