Agora é oficial: José Tolentino Mendonça é "ministro" da Santa Sé

26 set, 11:09
O cardeal português D. José Tolentino Mendonça

O cardeal madeirense entra assim no restrito meio dos clérigos mais influentes na administração da Igreja

A Santa Sé de acaba confirmar a nomeação de José Tolentino Mendonça como prefeito do dicastério para a Cultura e Educação da Santa Sé.

A nota foi publicada no boletim diário da Sala Stampa. A notícia fora avançada na sexta feira pela CNN Portugal. É uma escolha do Papa Francisco.

O cardeal português era já considerado o mais provável candidato ao cargo. Na prática, Tolentino Mendonça será um ministro da Santa Sé com as pastas da Cultura e da Educação.

Este é um dos dicastérios resultantes da recente reforma da Cúria romana, preparada e concretizada pelo Papa Francisco. O cardeal Tolentino Mendonça exerce atualmente a função de Bibliotecário e Arquivista do Vaticano.

O cardeal madeirense entra assim no restrito meio dos clérigos mais influentes na administração da Igreja.

Entre as responsabilidades da nova função, vai tutelar a rede de milhares de escolas e universidades católicas no mundo, bem como o património histórico e o diálogo da Igreja com Cultura, o Desporto e a Ciência. Depois de Saraiva Martins, no dicastério para as causas dos santos, Tolentino Mendonça é o segundo português a assumir um cargo com esta relevância na hierarquia católica.

O Dicastério para a Cultura e Educação reúne as responsabilidades que até agora estavam atribuídas à Congregação da Educação Católica e ao Conselho Pontifício para a Cultura, ficando com a tutela, nomeadamente, da rede escolar católica do mundo inteiro, com 1.360 universidades católicas e 487 universidades e faculdades eclesiásticas com 11 milhões de alunos e outras 217 mil escolas com 62 milhões de crianças.

O cardeal José Tolentino Mendonça, de 56 anos, vai substituir no ex-Conselho Pontifício para a Cultura o cardeal Gianfranco Ravasi, que completa os 80 anos em outubro, e na ex-Congregação da Educação Católica, o cardeal Giuseppe Versaldi, que fez 79 anos em julho.

País

Mais País

Patrocinados