Os jogadores que se revelaram nas equipas ainda presentes no Euro 2024

5 jul, 06:21
Diogo Costa (AP Photo/Michael Probst)

ESPANHA
MARC CUCURELLA

Números no Euro 2024 Nenhum golo, nenhuma assistência

Poderíamos escolher Lamine Yamal ou Nico Williams, mas achamos que as qualidades de ambos já são amplamente reconhecidas. Optámos, então, por um jogador que já foi considerado flop do Chelsea. Marc Cucurella está a desafiar os menos crentes nas suas capacidades com boas exibições no corredor esquerdo da seleção espanhola. Tem-se destacado particularmente no capítulo ofensivo, mas também estado bem à defesa. No entanto, tem de ter mais cuidado para não deixar o seu lado descoberto, como aconteceu no único golo da Geórgia contra Espanha nos oitavos de final.


ALEMANHA
MAXIMILIAN MITTELSTADT

Números no Euro 2024 Nenhum golo, 1 assistência

O lado esquerdo da defesa alemã é das posições menos estáveis da equipa nos últimos anos. Robin Gosens, David Raum, Jonas Hector, todos estes por lá passaram recentemente. O último dono desta posição é um dos que fez uma época espetacular no Estugarda, Maximilian Mittelstadt. A verdade é que, se as boas exibições deste Euro 2024 não forem casos isolados, a Alemanha encontrou o seu lateral esquerdo a curto e médio prazo. Com 27 anos, está naquela idade ideal em que a juventude e a experiência se encontram equilibradas.


PORTUGAL
DIOGO COSTA

Números no Euro 2024 4 jogos, 2 deles sem sofrer golos

Sim, nós portugueses conhecemos muito bem o nosso guarda-redes titular. Sabemos que é um dos mais seguros e melhores guarda-redes do mundo, mas o resto do planeta não o sabe. Ou não sabia, pelo menos até ao jogo contra a Eslovénia. Este Euro 2024 pode catapultar o guardião do FC Porto para outros voos, algo que indiscutivelmente merece. Frente à França espera-se outro grande desafio, mas não será uma eventual eliminação de Portugal perante os gauleses ou uma má prestação individual a reduzir o seu valor.


FRANÇA
NÃO HÁ

Se para Portugal já foi um pouco difícil, para França é mesmo impossível. Todas as potenciais revelações não têm tido tempo nenhum ou quase nenhum. Os mais utilizados por Didier Deschamps são os mesmos desde há algum tempo e mesmo os mais novos, como Aurélien Tchouaméni e William Saliba, já têm provas dadas ao mais alto nível. A escolha recai, portanto, em ninguém.


PAÍSES BAIXOS
XAVI SIMONS

Números no Euro 2024 Nenhum golo, 3 assistências

Para nós não é surpresa, pois já o tínhamos considerado a maior promessa desta seleção neerlandesa. No entanto, as exibições do jovem, agora de regresso ao PSG, têm sido talvez superiores àquilo que mesmo os seus maiores admiradores esperariam. É para já o jogador com mais assistências na prova – 3 – mesmo tendo apenas jogado uma partida completa, a dos oitavos de final contra a Roménia.


TURQUIA
FERDI KADIOGLU

Números no Euro 2024 Nenhum golo, nenhuma assistência

É um desconhecido para os adeptos casuais, mas não para quem gasta muito tempo em videojogos como o Football Manager. Nas redes sociais, têm sido alguns os adeptos do Benfica que têm pedido a sua contratação para resolver os problemas da débil defesa esquerda. A verdade é que, tendo visto as suas exibições neste Europeu, fica claro que o lateral turco está pronto para dar o salto e sair do Fenerbahçe. Tanto ao ataque como à defesa, Ferdi Kadioglu tem estado perto do irrepreensível. Vamos ver como joga frente aos Países Baixos, o seu país de nascimento.


INGLATERRA
MARC GUÉHI

Números no Euro 2024 Nenhum golo, 1 assistência

Em Inglaterra, a escolha é muito fácil. A maioria do 11 base de Gareth Southgate é de reconhecida qualidade e dispensa apresentações. O mais desconhecido e que não se tem dado mal é o central do Crystal Palace, que já foi apontado a clubes como Real Madrid, Barcelona, Juventus e Arsenal. As prestações neste Euro 2024 estão a encaminhá-lo na direção de um clube maior, de facto. Frente à Suíça terá, porém, um teste muito duro, talvez o mais complicado até agora.


SUÍÇA
DAN NDOYE

Números no Euro 2024 1 golo, nenhuma assistência

Na verdade, pode-se dizer que uma grande parte da seleção suíça está a surpreender, dado que os nomes que a compõem dizem pouco ao adepto mais comum. De entre estes todos, decidimos destacar o avançado do Bolonha que, neste Europeu, tanto já jogou no centro do ataque como no corredor direito. A sua versatilidade e velocidade tornam-no um jogador perigoso e apetecível para qualquer treinador. Está atualmente no Bolonha, onde deverá ter a oportunidade de disputar a Champions na próxima temporada.

Euro 2024

Mais Euro 2024

Mais Lidas

Patrocinados