Ómicron: Países Baixos entram em "confinamento de Natal"

18 dez 2021, 18:16
Mark Rutte - primeiro-ministro dos Países Baixos
Mark Rutte - primeiro-ministro dos Países Baixos

Governo neerlandês encerrou toda a atividade não essencial, como bares e restaurantes, bem como estabelecimentos de ensino. Confinamento entra em vigor este domingo e prolonga-se pelo menos até 14 de janeiro

PUB

Os Países Baixos vão entrar em confinamento já a partir deste domingo para limitar o aumento de casos de covid-19 durante o Natal, anunciou o primeiro-ministro Mark Rutte, este sábado.

De acordo com o primeiro-ministro neerlandês, trata-se de um "confinamento inevitável" na sequência da nova vaga de casos da variante Ómicron.

PUB

A partir deste domingo, bares, restaurantes e comércio não essencial vão permanecer encerrados pelo menos até 14 de janeiro. Na segunda-feira, será a vez de todas as escolas fecharem até 9 de janeiro.

O governo dos Países Baixos recomenda ainda às famílias que não recebam mais do que dois convidados em casa. Os convívios no exterior estão limitados a um máximo de duas pessoas. 
 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados