Ronaldo (Inter): «Quero voltar a ser o melhor do Mundo»

29 mar 2002, 21:27

Jogador volta a representar a selecção do Brasil O jogador está confiante e espera estar no Mundial, embora não saiba que não tem a sua presença assegurada.

Ronaldo voltou a jogar pela selecção do Brasil. O jogador do Inter foi chamado por Felipe Scolari para o encontro particular frente à Jugoslávia. Actuou durante 45 minutos e está confiante de que vai voltar a ser o que era, revelou em entrevista ao Estadão: «Quero ser o melhor do mundo outra vez. Sou muito ambicioso. Sempre conquistei tudo o que queria, desde o meu começo no Cruzeiro. O meu objectivo é voltar a ser número um. Vou chegar lá.»

O jogador confessou que não conseguia jogar todo o encontro, já que se sentia cansado: «A minha forma física ainda não é a melhor. Falta-me fôlego. Não aguentaria os 90 minutos. Treinar duro é uma coisa, mas ritmo de jogo é outra completamente diferente. É isso que ainda me falta.»

O avançado mostrou-se satisfeito com o seu regresso e revelou que estava a sentir-se mais confiante. Ronaldinho mostrou-se disposto a lutar por um lugar no onze do Inter, mas reconheceu que será difícil.

Ronaldinho ainda não considera certa a sua ida ao Mundial, mas não deixou de agradecer a oportunidade que o seleccionador lhe deu por poder actuar. O avançado comentou a sua exibição frente aos jugoslavos: «Movimentei-me bem. Fiz algumas jogadas que costumava fazer. Servi os meus companheiros, mas errei oportunidades de golo que não costumo errar. Paciência. Vou guardar esses golos para o Mundial, que é muito melhor.»

«Vou ser o Ronaldo de sempre», defendeu o jogador, acrescentando que não tem «mais nenhum problema no joelho». Ronaldo espera que tenha conseguido convencer os mais cépticos quanto ao seu retorno. No entanto, deixa a ressalva: «Tenho ainda muito a mostrar a Felipão, à torcida brasileira e a mim mesmo.»

Patrocinados