João Rendeiro detido

11 dez 2021, 08:32

O ex-banqueiro, sobre quem pendia um mandado de detenção internacional, foi detido na África do Sul

PUB

João Rendeiro foi detido, anunciou a Polícia Judiciária, neste sábado.

O ex-banqueiro, sobre quem pendia um mandado de detenção internacional, foi detido na África do Sul, às 07:00 horas da manhã.

PUB

A CNN Portugal/TVI sabe que João Rendeiro estava, nos últimos dias, a viver em Joanesburgo e que foi detido num hotel de cinco estrelas, em Durban, que não fica muito distante do Kruger Park, como inicialmente avançámos.

A Polícia Judiciária explicou, em conferência de imprensa, todos os passos que culminaram na detenção do ex-banqueiro.

João Rendeiro anunciou, a 28 de setembro, que estava fora de Portugal e que não tencionava voltar, depois de ter sido condenado em mais um processo.

As autoridades portuguesas já tinham emitido dois mandados de detenção, europeu e internacional, para o antigo presidente do BPP, para que o ex-banqueiro cumprisse a medida de coação de prisão preventiva.

Num artigo publicado no seu blogue Arma Crítica, João Rendeiro escreveu que não pretendia regressar a Portugal por se sentir injustiçado e que iria recorrer a instâncias internacionais, avançando ter pedido ao advogado para comunicar a decisão à justiça portuguesa e diz que se tornou “bode expiatório de uma vontade de punir os que, afinal, não foram punidos”.

PUB
PUB
PUB

Entretanto, os ex-administradores do BPP Salvador Fezas Vital e Fernando Lima, também condenados a penas de prisão, ficaram proibidos de se ausentarem para o estrangeiro, tendo contribuído para este agravamento das medidas de coação a fuga de João Rendeiro.

O colapso do BPP, banco vocacionado para a gestão de fortunas, aconteceu em 2010, já depois do caso BPN e antecedendo outros escândalos na banca portuguesa.

O BPP originou vários processos judiciais, envolvendo crimes de burla qualificada, falsificação de documentos e falsidade informática, assim outro um processo relacionado com multas aplicadas pelas autoridades de supervisão bancárias.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados