Isaltino Morais internado para fazer exames após infeção por covid-19

Paula Caeiro Varela | Beatriz Jalón , MJC - Notícia atualizada às 18:55
29 nov 2021, 15:05
Isaltino Morais na Assembleia Municipal de 23 de novembro
Isaltino Morais na Assembleia Municipal de 23 de novembro

Autarca de Oeiras foi diagnosticado com infeção este sábado. Situação médica não inspira cuidados especiais. Na semana passada, o presidente participou na Assembleia Municipal sem máscara

PUB

O presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, foi internado esta segunda-feira para realizar exames de dignóstico, após ter sido infetado com covid-19.

Fonte do gabinete do presidente da Câmara afirma que Isaltino Morais não está nos Cuidados Intensivos, acrescentando que a sua situação médica "não inspira cuidados especiais". Os exames têm como objetivo "aferir o seu estado geral da saúde".

PUB

Isaltino Morais testou positivo ao coronavírus este sábado e, em nota enviada à CNN Portugal, a Câmara Municipal informa que “todas as pessoas" com quem o autarca "manteve contactos próximos nos últimos dias foram devidamente avisadas” e até agora todos os testes realizados deram negativo. "Não temos conhecimento de mais nenhum caso positivo no  Executivo", garantiu o gabinete.

No sábado, a autarquia já tinha avançado que Isaltino Morais irá continuar a acompanhar os assuntos relacionados com o município através de casa.

Presidente esteve na Assembleia Municipal sem máscara

Na terça-feira passada, dia 23, Isaltino Morais participou na reunião da Assembleia Municipal sem máscara, uma vez que o seu uso, apesar de ser recomendad, não é obrigatório desde 2 de outubro. A maioria dos elementos do executivo de Oeiras também esteve a maior parte do tempo sem máscara na cara, incluindo, os vereadores Armando Soares e Joana Batista, que se sentaram ao lado do presidente.

PUB
PUB
PUB

Neste dia, o vice-presidente Francisco Gonçalves estava em casa, doente com covid-19, e participou na reunião através de videoconferência. O vice-presidente já teve alta e regressou ao trabalho esta segunda-feira, informou o gabinete.

 A partir de 1 de dezembro, o uso de máscara volta a ser obrigatório em recintos fechados.

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados