Ivic deixa o hospital e quer também deixar o Marselha

4 dez 2001, 18:06

Treinador croata, com problemas cardíacos, não quer sentar-se mais no banco O treinador croata, com problemas cardíacos, não quer sentar-se mais no banco e vai pedir a Bernard Tapie para assumir um cargo de conselheiro desportivo.

Tomislav Ivic quer deixar de ser treinador do Marselha. O croata, antigo técnico de F.C.Porto e Benfica, deixou esta terça-feira o hospital, depois de ter sido internado no passado sábado com um problema cardíaco - motivo pelo qual pretende deixar o banco. 

«Vou tirar vários dias para descansar e falar com Bernard Tapie», homem forte do futebol do Marselha, explicou Ivic. «Vou pedir para não me sentar mais no banco e ver se posso assumir o cargo de conselheiro desportivo», acrescentou o croata, de 68 anos, que no ano passado já teve de se submeter a uma operação ao coração. 

No próximo jogo, com o Lorient, deverá ser o adjunto Vujovic a orientar a equipa. O Marselha, no entanto, deverá eleger o bósnio Faruk Hadzibegic como treinador. Hadzibegic jogou no Sochaux (França) e no Bétis (Espanha), clube onde foi, também, treinador e director desportivo.

Patrocinados