Governo da Etiópia e rebeldes do Tigray concordam em "cessar as hostilidades"

Agência Lusa , BC
2 nov, 16:48
Governo e rebeldes do Tigray chegam a acordo na Etiópia (Foto: Ben Curtis/AP)

Acordo para cessar hostilidades foi anunciado pelo mediador da União Africana, que participava nas conversações de paz em Pretória

O governo etíope e os rebeldes do Tigray concordaram com uma "cessação das hostilidades" na região norte da Etiópia, em conflito há dois anos, nas conversações de paz em Pretória, anunciou hoje o mediador da União Africana (UA).

"As duas partes do conflito etíope concordaram formalmente em cessar as hostilidades", disse Olusegun Obasanjo, o alto representante da UA para o Corno de África, numa conferência de imprensa em Pretória, na África do Sul, onde decorriam, desde 25 de outubro, as conversações de paz.

O ex-presidente da Nigéria adiantou que o Governo do primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, e as autoridades do Tigray chegaram também a acordo num "desarmamento ordenado, suave e coordenado", juntamente com o "restabelecimento da lei e da ordem", o "restabelecimento dos serviços" e o "acesso sem entraves aos fornecimentos humanitários".

Relacionados

África

Mais África

Patrocinados