Covid-19: as duas medidas que se mantêm no combate ao vírus

17 fev, 13:19

Governo destaca que vai continuar a "monitorizar em permanência a situação epidemiológica de Portugal"

O Governo atualizou esta quinta-feira as medidas de combate à pandemia de covid-19, mas há restrições que se vão manter. Assim, vai continuar a ser necessário apresentar um teste negativo para o acesso a visitas a lares e a pacientes internados. A única exceção é para visitantes que já tenham a dose de reforço ou um certificado de recuperação. Há ainda cinco medidas que caem.

Mantém-se também a utilização de máscara em espaços interiores onde já é obrigatória, como é o caso dos transportes públicos. Também em recintos como estádios de futebol vai continuar a ser necessária a utilização de máscara, como esclareceu a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

"No fundo, continuam a ser exigidos testes para o acesso a instituições onde estão pessoas de especial vulnerabilidade", explicou, adiantando que estas medidas se vão manter até que seja atingido o valor de 20 mortes por 100 mil habitantes.

Na página EstamosOn, o Governo deixa ainda um aviso: "Apesar deste alívio, o Governo continuará a monitorizar em permanência a situação epidemiológica de Portugal".

O alívio de medidas anunciado pelo Governo surge numa altura em que o país se prepara para entrar em endemia, modificando o combate à doença, que chegou a Portugal em março de 2020.

Depois de um mês de janeiro com vários dias com mais de 50 mil casos por dia, chegando mesmo a ultrapassar os 60 mil, a situação encontra-se em fase "decrescente", apesar de o número de mortes ser "o indicador que ainda se encontra mais distante dos objetivos", como explicou Mariana Vieira da Silva.

Relacionados

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados