António Costa falha comemorações do 10 de Junho por "motivos de saúde" - mas "não é grave"

CNN Portugal , com Lusa
9 jun, 16:18
Novo Governo: Costa garante que maioria absoluta significa estabilidade. Marcelo deixa recados

Marcelo Rebelo de Sousa já foi informado

O Gabinete do Primeiro-Ministro informou esta quinta-feira que o primeiro-ministro, António Costa, "não poderá estar presente nas Comemorações Oficiais do 10 de Junho por motivos de saúde", sem entrar em detalhes.

Fonte do executivo adiantou que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já foi informado sobre esta decisão de António Costa, após ter recebido “aconselhamento médico” nesse sentido.

A mesma fonte acrescentou que o problema de saúde de António Costa “não é grave”, mas já esteve na origem da opção tomada pelo primeiro-ministro, na quarta-feira, de cancelar a sua agenda em Santarém.

Na quarta-feira ao início da tarde, António Costa tinha primeiro uma cerimónia de apresentação e contratualização de projetos de investigação sobre alterações climáticas, no auditório do CNEMA, e visitava depois a Feira da Agricultura.

No entanto, por recomendação médica, o primeiro-ministro cancelou a sua agenda e agora foi aconselhado a prolongar o seu “repouso” por mais alguns dias, o que o impede de cumprir o programa das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas primeiro em Braga, depois em Londres.

António Costa deveria chegar a Londres a meio da tarde de sexta-feira e logo a seguir, juntamente com o Presidente da República iria discursar perante representantes das comunidades portuguesas no Reino Unido.

No sábado, também com Marcelo Rebelo de Sousa, visitaria instituições de educação e de saúde em Londres, começando pela Escola Anglo Portuguesa.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Governo

Mais Governo

Patrocinados