Apresentação do certificado digital obrigatório em restaurantes e ginásios. Testagem necessária para entrar em alguns espaços

Prova de teste negativo à covid-19 obrigatória para quem entra em lares, recintos desportivos, discotecas e bares

PUB

O primeiro-ministro anunciou esta quinta-feira, em conferência após a reunião de Conselho de Ministros, que o certificado digital vai voltar a ser obrigatório para a entrada em restaurantes e ginásios.

A apresentação da prova de vacinação permanece ainda para quem queira aceder a eventos com lugares marcados e a estabelecimentos turísticos e de alojamento local.

PUB

O primeiro-ministro anunciou ainda que será obrigatória a apresentação de um teste negativo à covid-19 (mesmo para quem está vacinado) para quem visita lares ou pacientes internados em estabelecimentos de saúde.

Sobre isto, Costa disse que "não há nenhuma medida que esteja em vigor que restrinja os familiares de visitar utentes". Contudo, a medida visa "proteger os familiares e comunidade que vive e trabalha no lar". 

Para além destas situações, a prova de um teste negativo à covid-19 é também obrigatória para a entrada em grandes eventos sem lugares marcados, ou em recintos improvisados e desportivos.

Os testes voltam ainda a ser obrigatórios em qualquer ponto de entrada nacional, "seja qual for a origem ou a nacionalidade do passageiro", disse Costa.

PUB
PUB
PUB

Costa recorda ainda que é a obrigação de todas as companhias aéreas verificar, no momento do check in, um teste negativo à covid-19 e que as transportadoras "não têm cumprido as suas obrigações". Perante isto, o primeiro-ministro anunciou coimas que podem chegar aos 20 mil euros e um agravamento das sanções acessórias.

Estas medidas entram em vigor na quarta-feira, quando o país entra em estado de calamidade.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.

Governo

Mais Governo