Alívio das restrições: as cinco medidas que caem no combate à covid-19

17 fev, 13:19
Mariana Vieira da Silva. Foto: Miguel A. Lopes/Lusa

"É um passo para a vida normal que há dois anos foi interrompido", diz Mariana Vieira da Silva

O Governo atualizou as medidas no combate à covid-19. Conheça as cinco medidas que caem no combate à pandemia:

1. Deixa de haver possibilidade de confinamento para contactos de risco

Os contactos de risco deixam de ter de fazer confinamento, de acordo com as medidas anunciadas esta quinta-feira pelo Governo. A partir desta atualização, só cumprirá isolamento quem testar positivo ao coronavírus, tendo ou não sintomas.

2. Deixa de existir recomendação de teletrabalho

O Governo deixa de recomendar, a partir desta quinta-feira, o teletrabalho, atualizando uma medida que estava em vigor desde o início da pandemia, em março de 2020.

O teletrabalho já foi obrigatório, era atualmente recomendado, medida que também cai.

3. Retirados limites de lotação nos estabelecimentos comerciais

Os estabelecimentos comerciais, como é o caso das grandes superfícies, deixam de ter lotação de uma pessoa por cinco metros quadrados, passando a funcionar sem limitações.

4. Retirada exigência de apresentação do certificado digital. Com uma exceção

A necessidade de apresentação do certificado digital acaba, exceto na entrada em Portugal, mantendo-se o controlo nas fronteiras.

5. Retirada exigência de apresentação de teste negativo à covid-19 para acesso a grandes eventos, recintos desportivos, bares e discotecas.

"Acesso para estes eventos, serviços e produtos passa a ser livre", adiantou Mariana Vieira da Silva.

Apesar destas novidades, há no entanto, nesta primeira fase, duas medidas que permanecem: teste negativo para o acesso a visitas a lares e a pacientes internados e a utilização de máscara em espaços interiores e em espaços exteriores como os estádios de futebol. 

Devem manter-se até se "verificar uma queda significativa do número de óbitos", adiantou a ministra de Estado e da Presidência.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados