Academia dos Óscares condena agressão de Will Smith e abre investigação

CNN Portugal , BCE
28 mar, 20:28
O momento em que Will Smith esbofeteou Chris Rock nos Óscares/D.R

O Conselho de Governadores da Academia, composto por mais de 9.000 membros do cinema, tem o poder de disciplinar os membros que violarem o seu código de conduta através de um voto de suspensão ou expulsão da Academia.

A Academia da Motion Picture emitiu um comunicado, esta segunda-feira, no qual condena a agressão de Will Smith a Chris Rock durante a transmissão dos Óscares e acrescentou que vai abrir uma investigação ao incidente.

Antes, já depois do final do evento, a Academia fez uma publicação no Twitter na qual afirmava que condenava todos os tipos de violência, sem se referir especificamente ao assunto. Agora, emitiu um comunicado no qual se refere à agressão de Will Smith, que subiu ao palco e deu uma estala ao apresentador da edição do evento deste ano, Chris Rock, depois de o comediante ter feito uma piada sobre a sua mulher, Jada Pinkett Smith.

De acordo com a CNN, fonte da Academia contou que a organização "considerou fortemente retirar Will Smith do evento", logo depois do incidente. "Houve discussões imediatas, mas as pessoas que decidem estas questões estavam localizado em vários pontos do Dolby Theatre [onde decorreu o evento] e não conseguiram mobilizar-se para tomar uma decisão antes que ele vencesse o prémio de melhor ator", disse a fonte.

O Conselho de Governadores da Academia, composto por mais de 9.000 membros do cinema, tem o poder de disciplinar os membros que violarem o seu código de conduta através de um voto de suspensão ou expulsão da Academia.

Foi considerado um dos momentos mais estranhos da noite, levando mesmo quem estava a assistir ao evento a questionar-se se teria sido um ato encenado ou se realmente se tratou de uma agressão verdadeira. O humorista Chris Rock dirigiu-se a Jada Smith, que perdeu o cabelo por causa da alopécia, uma condição que causa repentina perda de cabelo, e disse que mal podia esperar por vê-la a fazer o "G.I. Jane 2".

Jada Smith revirou os olhos. Nesse momento, o marido de Jada, Will Smith deixou o seu lugar na plateia, subiu ao palco, com cara zangada, e deu uma estalada em Chris Rock. “Will Smith acabou de me bater na cara”, disse Rock, parecendo incrédulo.

Minutos depois, Will Smith voltou a subir ao palco, desta vez para receber o Óscar de Melhor Ator pelo seu papel em "King Richard - Para Além do Jogo", que conta a história de Richard Williams, o determinado pai das irmãs Venus e Serena Williams, e da sua luta para educar as filhas, tornando-as campeãs de ténis. 

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Artes

Mais Artes

Patrocinados