UEFA diz que Sporting tem até final do mês para evitar exclusão das provas

25 jan, 18:35
Ruben Amorim e Frederico Varandas (Sporting CP)

Leões garantem que dívida à Sampdoria por Bruno Fernandes já foi saldada; Santa Clara está na mesma posição que o campeão nacional

O Comité de Controlo Financeiro da UEFA (CFCB), além de ter multado o Sporting em 250 mil euros, comunicou que o clube leonino tem até final do mês de janeiro para evitar a exclusão das provas da UEFA durante três temporadas. Para isso, o clube leonino terá de fazer prova de pagamento de dívidas, lê-se na nota presente no site da UEFA.

Ao Maisfutebol, fonte oficial do Sporting confirmou que houve uma dívida à Sampdoria relativamente a um valor que o clube italiano reclamou aquando da transferência de Bruno Fernandes para o Manchester United, mas que a mesma já foi saldada, pelo que não há risco de os leões serem excluídos das competições europeias.

Recorde-se que em novembro de 2021 a imprensa italiana noticiou que a FIFA e o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS, da Suíça) tinham decidido a favor da Sampdoria, que reclamava ao Sporting o pagamento de 5,5 milhões de euros sobre 10 por cento das mais-valia da transferência para o clube inglês. Em maio de 2020, a Sampdoria apresentou queixa do Sporting junto da FIFA, considerando ter direito a receber os 10 por cento de mais-valias contratualizados aquando da negociação do médio para o Sporting em 2017. Em comunicado, o Sporting considerou que, devido à rescisão do contrato por parte do jogador no verão de 2018 (após a invasão à Academia de Alcochete), a Sampdoria já não tinha direito a essa percentagem, uma vez que o contrato que ligava o jogador ao clube de Alvalade era outro: no fundo, Bruno Fernandes foi recontratado, à semelhança de outros atletas durante a curta presidência de Sousa Cintra.

No mesmo comunicado, o Comité de Controlo Financeiro da UEFA aponta ainda ao Santa Clara. O apelo dos açorianos foi «parcialmente deferido», mas a sanção é a mesma, nesta caso, devido a verbas em falta às autoridades em setembro de 2021.

O emblema insular terá de liquidar a dívida ou negociar sob acordo para prolongar o prazo de pagamento. O Santa Clara terá de pagar 25 mil euros de multa, mais dez mil sujeitos a confirmação até 1 de março, que valores devidos a outro clube foram pagos.

O Santa Clara vê assim reduzida a sanção de 75 mil euros que estava inicialmente prevista.

A lista de decisões esta terla-feira publicadas por aquele organismo da UEFA também abrange o Betis que terá de pagar ainda assim 150 mil euros de multa, não se mantendo a ameaça de exclusão das competições europeias.

[artigo atualizado]

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados