Polícia britânica investiga homicídio de lusodescendente em Londres

Agência Lusa , PF
17 abr 2023, 22:39
Polícia britânica

Filipe Oliveira foi encontrado esfaqueado num edifício em West Norwood, no sul da capital britânica

O homicídio de um jovem lusodescendente português no sábado em Londres está a ser investigada, confirmou esta segunda-feira a polícia, tendo a família lançado um apelo de financiamento coletivo para o funeral. 

De acordo com a Polícia Metropolitana de Londres, Filipe Oliveira, de 20 anos, foi encontrado esfaqueado num edifício em West Norwood, no sul da capital britânica, pelas 18:00. 

Apesar dos esforços dos paramédicos e o envio de uma ambulância aérea, o jovem morreu no local.

Nas 12 horas seguintes, a polícia decretou um regime especial no município de Lambeth para poder parar e revistar pessoas suspeitas, mas ainda não fez qualquer detenção e os perímetros de segurança foram levantados.

A polícia lançou também um apelo público com a descrição de um suspeito com a esperança de encontrar testemunhas ou filmagens.  

"A nossa investigação está a fazer progressos significativos, mas continuo a apelar para que quaisquer testemunhas ou qualquer pessoa com informações se apresentem”, urgiu a responsável pela investigação, inspetora-chefe Kate Blackburn.

A zona de West Norwood, que faz parte do município londrino de Lambeth, tem uma grande concentração de residentes e comércios portugueses. 

A família de Filipe Oliveira lançou entretanto um apelo de financiamento coletivo para pagar "um funeral e fazer uma despedida condizente com a boa pessoa que ele era.

Em cerca de 24 horas, o apelo ultrapassou o objetivo das 10 mil libras (11.320 euros). 

"O nosso filho e irmão, Filipe, foi-nos tragicamente roubado devido a um crime insensível com uma faca, sem provocação”, refere o texto no site Go Fund Me, referindo que "era um membro muito amado da nossa família e a sua perda será sentida fortemente para sempre".

Os ataques e homicídios com arma branca têm crescido no Reino Unido nos últimos anos, sobretudo entre jovens. 

Dados recentes do Instituto de estatísticas (ONS) contabilizaram 50.434 incidentes com arma branca em Inglaterra e no País de Gales nos 12 meses até setembro de 2022, mais 11% do que no mesmo período de 2021. 

O mesmo organismo registou 282 homicídios com uma faca ou instrumento afiado nos 12 meses até março de 2022, o número mais elevado em 76 anos e um aumento de 19% em comparação com o ano anterior.

Europa

Mais Europa

Patrocinados