Tudor (Juventus) diz que o F.C. Porto é um «adversário forte»

8 out 2001, 18:00

Defesa-central croata está de regresso «Temos de estar concentrados em todos os jogos e nomeadamente na Europa, onde uma escorregadela pode custar muito caro», avisa.

O defesa-central Igor Tudor está de regresso à Juventus, após uma lesão contraída no jogo com o Lecce que o afastou dos trabalhos nas últimas duas semanas. O croata deverá ser opção para o jogo com o F.C. Porto, que encara como uma missão muito complicada. 

«Será um confronto difícil, contra um adversário forte», começa por referir o possante defesa. Na sua opinião, «todos os jogos são importantes e devem ser encarados com a máxima concentração, nomeadamente os da Europa, onde escorregar poderá custar muito caro», ao contrário do que acontece no campeonato interno, que «é muito lento e por isso dá sempre para recuperar». 

Em relação a Tudor coloca-se a dúvida se será melhor jogar na defesa ou no meio-campo, consoante as necessidades da equipa. Tal como acontece no F.C. Porto com Jorge Andrade, na Juventus Marcelo Lippi também tem optado por adaptar um central às funções de «trinco». O jogador tem uma visão curiosa sobre o assunto: «Até gosto de jogar no meio-campo, porque sempre estou mais longe da baliza e há mais jogadores a quem passar a bola. Esta, porém, não é a minha posição natural, por isso tenho algumas dificuldades, embora seja interessante. Não creio que o meu futuro passe por aí, porque rendo mais a defesa-central, mas se tiver de voltar a jogar no meio-campo não me vou recusar a fazê-lo».

Patrocinados